segunda-feira, outubro 10, 2005

Sê corajoso, trabalha bem, sê bom aluno...

No passado dia 14 de Setembro, dois emigrantes angolanos, Manuel Bravo de 35 anos e o seu filho António de 13 anos, foram detidos pela policia inglesa. Esta, munida de uma ordem de deportação, conduziu os dois para um centro de detenção chamado de Yarl`s Wood. Ai foram informados de que o governo de sua majestade, recusara-lhes o asilo, uma recusa que surgia quatro anos após ter chegado ao Aeroporto de Heathrow, junto com a sua esposa e um outro filho, actualmente dados como desaparecidos em Africa !! No dia 15 de Setembro, na mesma cela que compartilhava com o filho, dirigiu a este as seguintes palavras: « Sê corajoso, trabalha bem, sê bom aluno», em seguida enforcou-se na sua presença ... !!

Fê-lo porque queria garantir que o filho ficasse na Inglaterra, já que à luz da lei britânica , não é possível deportar menores...

As lágrimas vieram-me aos olhos quando li esta noticia... não quero condenar ninguém nem nada, nem sequer se a opção de Manuel foi a melhor ou não, ...
apenas acho que um pai tem que amar muito um filho ...
...
Quem quiser obter mais informações pode consultar o seguinte site
http://www.wsws.org/articles/2005/sep2005/asyl-s24.shtml

ou ler o jornal "Expresso" desta semana !!


21 comentários:

Aran disse...

Jesus Cristo!!!!! ... fiquei atónica!!!!! o mundo está louco com certeza!!!!!

Miss15 disse...

Olá, Pescador! Obrigada pelas palavras de resposta que deixaste a um comentário meu. Tenho andado longe dos blogs - do meu e dos outros. Estou voltando aos dos outros... Qualquer dia ou volto de vez ao meu ou apago-o de vez. Ando indecisa...
Já tinha lido a notícia a que te referes. Acho, como tu, que é a suprema dádiva de amor que alguém pode dar a outrém. Bjos

Mirl disse...

Por isso é que acredito cada vez menos na justiça dos homens. Não acredito nos homens... Por isso é que fico triste cada vez que leio uma coisa destas!=(

E tu querido pescador, como te encontras? É impressão minha ou andas afastado destas lides? Andas a recarregar baterias?

beijola* grandalhona

miuda disse...

olá!
Isto é o retrato da realidade humana. Uns com tudo e outros sem nada a terem que tomar atitudes drásticas na vida. É a vida real nua e crua.

beijos
miuda

TMara disse...

arrepei-me, mas sim, é preciso amar muito, ter sofrido muito e ter muito desespero na alma....e como ficou o filho, ao assisitir a tal desesperado acto? Tenhamos um b'dia sedepois de ter conheciemnto ainda conseguirmos...

nina disse...

:-(
nem comento

armanda disse...

Ola pescador,
Seria eu capaz de dar a vida por um filho? No conforto do nosso dia a dia isso é abestracto. O amor que dá...humm mesmo que seja com sacrificio nao deixa de ser sublime e lindo...e nós que andamos a fazer por amor?
Beijo

H. disse...

Meu Deus...
como o Homem pode ser admirável...

Dói demais. Sinto-me fútil e hipócrita. Sinto-me demasiado pequena.

Não tenho palavras.

Não conhecia esta história. Obrigada por me teres ajudado a crescer com ela. A aprender com ela...

Vivis disse...

Até onde o amor nos leva...

... o sabor amargo da dor .

Beijos

Anónimo disse...

Balanço sempre entre o comentar ou não,alguns temas,este,da vida e da morte,das escolhas ,das provas ou não...no fundo talvez do amor e da vida,do ser...
Há aqui várias questões ,todas elas imensas ,todas elas a passarem-se ao nosso lado,um lado escuro de vidas sofridas..silenciosas...
O enforcamento é uma causa de morte frequente nos detidos,isto dava um tema importante,do ponto de vista dos direitos humanos,da justiça,de... ...ok!se calhar alguém o estará a fazer agora,talvez"Deaths in custody",quem sabe?!
Depois, existe esta dimensão que se situa numa esfera do drama interior e da vivência do que cada um de nós é amando...morrer,por opção,por uma causa,de amor...aqui só quero dizer que acontece,sei que sim,arrepia-me sempre,tenho sobre isto uma opinião,a minha,acho que não a vou escrever podia não ser entendida,há coisas que só se fazem,não se dizem...não sei nenhuma palavra que o dissesse,mas já pensei sobre isso...
Grande tema,grande blog,parabéns.
Abraço
maria

Pescador disse...

Estou me passar com esta mensagem de spam e com o facto de não a conseguir apagar :-( !!!

Pescador disse...

Aran: ... acho que não é mundo, é mesmo o homem :-( !!
Jinhos
Pescador

Pescador disse...

Miss15: Olá miss ;-) !!
Apagá-lo !?!? Porquê miuda !?!?
É um cantinho tão agradável de visitar e estar .. :-( !!
...
Nem mais minha querida ... " ...é a suprema dádiva de amor que alguém pode dar a outrém ..."
Jinhos doces e muitos ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Mirl: Olá minha doce Mirl ... também eu cada vez acredito menos nas pessoas, no seu querer...
Ando um pouco down.. esquisito,, como que farto da estar enfiado na minha pele... esta era uma daquelas semanas em que ia viajar sozinho para longe ... sorrir em frente ao mar ...
Tenho tido muito pouco tempo... e por isso e para desgosto meu tenho tido muito pouco tempo para este mundo ...
Bem, melhores dias virão.. isto talvez seja efeito do tempo, cinzento, por isso ;-) !!
Jinhos doces pa ti Mirl ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Miuda : Olá Miuda doce... sim tens razão, a vida é demasiado nua e crua e real .... e assim sendo duvido que o Pescador a volte a ganhar de novo ... como já teve um dia ... :-( !!
Jinhos doces e um óptimo fim de semana !!
Pescador

Pescador disse...

Tmara: Eu ia a ler o expresso no carro, na marginal ... junto ao mar..., li esta noticia e parece que depois tudo perdeu a sua cor, tudo foi durante uns momentos cinzento ...
Jinho doce para Tmara
Pescador

Pescador disse...

Nina: Jinhos doces para ti doce Nina com legengas e cores doces e .. muitas cores !!
Pescador

Pescador disse...

Armanda: Olá minha doce Armanda ... é verdade, e nós o que é que andamos a fazer por amor !?!?
Por vezes penso que pouco ou nada...
outra vezes, talvez alguma coisa !!
Não sei... o que é que eu ando a fazer por amor ????
...
Jinhos melosos e pegahentos e cheios de carinho ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Lost in space: Foi assim que me senti Rainha, foi dessa forma pequena e vazia que tu tão bem descreves...
será que é verdade, que a dor ajuda-nos a crescer ???

...

Jinhos doces por serem povilhados com açucar e canela ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Vi: Nem mais minha querida ...
é tão ténua a fronteira entra a dor e o amor....., e irónicamene duas palavras que rimam tão bem ...
Jinhos doces e perfumados ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Maria: Olá Maria e muito bem vinda sejas... pois tenho a impressão que é a primeira vez que me visitas, mas se estou enganado peço desculpa :-) !!
Adorei-te ler... escreves de uma forma rudemente suave... e sabes, acho que deverias ter deixado aqui a tua opinião , estes comentários não são necessáriamente para serem compreendidos, mas simpara serem partilhados, e neste blog , o direito a uma opinião é definitivamente um direito..., agora, os moldes em como por vezes são expressos é que podem ou não ser condenáveis !!
Assim obrigado pelas palavras elogiosas, e gostei muito de te ler, verdadeiramente... , e espero que voltes muitas e muitas vezes !!
Bjs doces e muita paz !!
Pesador