quinta-feira, outubro 12, 2006

Pescador...

*
*
*
Pescador...
*
Talvez um grito mudo sem sorte…,
que palavras não soube ter...
talvez...
*
*
*
*
*
I remember when, I remember, I remember when I lost my mind
There was something so pleasant about that phase.
Even your emotions had an echo
In so much space
*
*
And when you're out there
Without care,
Yeah, I was out of touch
But it wasn't because I didn't know enough
I just knew too much
*
*
Does that make me crazy
Does that make me crazy
Does that make me crazy
Probably
*
*
And I hope that you are having the time of your life
But think twice, that's my only advice
Come on now, who do you, who do you, who do you, who do you think you are,
Ha ha ha bless your soul
You really think you're in control
*
*
Well, I think you're crazy
I think you're crazy
I think you're crazy
Just like me
*
*
My heroes had the heart to lose their lives out on a limb
And all I remember is thinking, I want to be like them
Ever since I was little, ever since I was little it looked like fun
And it's no coincidence I've come
And I can die when I'm done
*
*
*
Maybe I'm crazy
Maybe you're crazy
Maybe we're crazy
Probably

19 comentários:

Iruvienne disse...

Essa musica é uma daquelas que merece uma 2ª atençao, se não se tem atençao nem se repara na mensagem que nos traz, na sua força.

Não deixes nenhum grito mudo, dá-lhes palavras, voz, importância. Só assim se dissipa.

bjnhos**

Célia disse...

Olá Pescador,
You think You are crazy, I think I am crazy too, just like you. É só um trocadilho, mas não será preciso uma dose de loucura para viver a vida?
Acho que é. É preciso arriscar, ir sempre mais longe, experimentar os limites, expressar sentimentos, amar a vida, gostar do que se faz, amar-nos a nós próprios e outras coisas mais. Se é loucura ou não, não sei...
Recentemente li um livro, "A Saga de um Pensador" (Cury), que me fez ver a loucura de forma diferente. Já o leste? É muito interessante.
Beijo Pescador.

Mikas disse...

Bom fim de semana

A. disse...

Talvez um grito mudo sem sorte…
que palavras não soube ter...
talvez...



Por onde te perdeste meu doce
amigo...sinto alguma amargura
nas palavras que aqui deixas.

Não tens andado bem N.?
Diz-me...conta-me ou canta-me com as tuas belas canções...aquelas que sempre recebo com tanto gosto.


Saudades tuas meu pescador triste...
:/

Aran disse...

Olá, "doçura"![... posso!?!?] ;)Mhmmm..."Talvez um grito mudo sem sorte…, que palavras não soube ter... talvez..."... tu podes mudar isso... aqui e agora... tu podes e és capaz de mudar esse teu fado... olha bem em teu redor, olha bem para dentro de ti... ou para aqui... neste cantinho... ;) Tens um mundo à tua espera... sorrisos, lágrimas, abraços ... enfim... De louco, todos temos um pouco... ;) não te estranhes... Um beijinho grande e inté

biga disse...

olá!
Palavras para quê?? Mais vale um olhar, um sorriso, um carinho, ou não? Novos ventos te conduzirão para outras águas...beijinhos

Emilia disse...

Vim aqui parar através da Pequena Espiral e fiquei rendida à beleza das imagens e dos textos. Lindissimo, tudo.
Voltarei a esta baía, Pescador.
Abraço.

A. disse...

Então vem ver...
...diz-me alguma coisa.
Dia 28(sábado)trás a tua companhia.

:)

Pescador disse...

Iruvienne: És tão jovem doce Iruvienne...,
a vida é por vezes um grito mudo, um silêncio incomodativo...
O Pescador é assim, alguém a quem "não deixaram falar um dia"..., ficou apenas um grito... mudo !!
Jinhos doces para ti minha menina !!
Pescador

Pescador disse...

Célia: Olá doce Célia !! Agora fiquei curioso..., de quem é o Livro !?!?
Não percebi o autor , (Cury???)
A loucura saudável é a essência de uma alma doce a azul... é aquilo que a faz voar..., e sonhar com um
mundo ... experimentar limites..., amar de olhos fechados... gritar....
Beijos doces minha querida !!
Pescador

Pescador disse...

Mikas: E para ti também Mikas..., hum, directa...
;-) !!
Pescador

Pescador disse...

A.: Por onde andas doce bailarina que não te vejo..., sinto-te distante..., sinto-me distante
... Aqui, sem tempo... sem vontade...
Acredito, que ando talvez a deixar passar uma imagem de alguém um pouco depremido..., mas acredita
que essa palavra é fortissima para aquilo que sinto...
Sabes, não posso dizer que ando mal..., não, até sinto a certa calma, apenas sombrada por uns
quantos problemas de saude que se tem resolvido...
Cansado..., apenas cansado... fisicamente cansado... e aos poucos um pouco cansado em termos mentais...
Musica... , sabes ando com um ideia sobre musica..., o problema é o tempo... maldito tempo...
as horas e não a chuva !!
Vou-te mandar uma música ....
Beijos doces... muitossssss, com sabor a canela ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Aran: Olá minha doce e linda Mylady...., hum, como sabe bem "ouvir" alguém a chamar-nos de "doçura" ;-) !!
Obrigado pelo toque, pelo toque da palavra... consegui senti-lo, na pele... assim ... ;-) !!
Engraçado... este post não é sobre a minha loucura... antes fosse, era sinal de que ela existia...
a música foi esta... porque achei que era aquela que melhor se "enquadrava"... apenas isso ;-)
Beijos doces, docessssssssssssssssssss !!
Pescador

Pescador disse...

Boa noite...
;-) !!

Pescador disse...

Biga: Olá doce menina das Ilhas !! Por onde tens ando menina com nome de anjo ;-) !!!
Espero que o vento seja dócil e que as ondas e as marés sejam serenas... e que a vida
navegue de forma tranquila ;-) !!!
Beijocas docessssssssss
Pescador

PS: Já visitei o teu novo canto.. tenho que lá deixar uma marca
;-) !!!

Pescador disse...

Emilia: Volta..., volta sempre Emilia... e traz palavras tão gentis como estas que aqui
deixas. Obrigado por elas ..., e pela visita ;-) !!
Beijocas docesssss
Pescador

Pescador disse...

A.: Queres "pôr em cheque o meu pressentimento" !?!
Acredita que o fascinio está a crescer..., no outro dia
dei comigo a ver um bailado no canal Mezzo sobre uma história
muito similar à da Cinderela !!
...
A "companhia" não gosta muito deste tipo de espectaculos...
tenho uma amiga que talvez alinhe... mas agora não está cá !!!
Também não tenho tempo minha querida..., os fins de semana
tem sido utilizados para fazer e tratar de coisas para os quais
não tenho tido tempo durante a semana !!
Mas sabes uma coisa.. o meu pressentimento acabou por se diluir um pouco...
quem sabe...
Era o Pássaro de Fogo no Teatro Camões... não era !!?!?
...
vou-te mandar este comentário por mail ;-) !!!
Beijocas doces para ti minha querida !!
Pescador

Célia disse...

Olá Pescador,
O livro que falo intitula-se "A saga de um pensador" e o autor é Augusto Cury.
É um psiquiatra brasileiro que já editou vários livros.
Neste livro, ele relata a história de um jovem estudante de medicina. É um jovem apaixonado pela vida, que se recusa a aceitar os padrões convencionais da sociedade e que se torna grande amigo de um sem abrigo inteligentíssimo, mas com antecedentes de esquizofrenia.
Gostei muito do livro. Dá-nos uma perspectiva diferente dos sem abrigo, dos que não seguem o socialmente correcto e também dos loucos.
Um beijo.

Célia disse...

Esqueci-me de um pormenor. A música preferida desse estudante de medicina do livro era a música que tens presentemente no blog. "What a wonderful world!"
Beijinho.