terça-feira, agosto 02, 2005

A Mar...


A mar ... Posted by Picasa


" (...) Eu..., eu sinto-me sozinha....perdida entre dois mundos, fraca e cinzenta..., cobarde.... orfã de quem por mim lute, de quem me puxe para perto dele e me aconchegue. Sinto-me orfã de um banco de jardim onde duas pessoas se amam com o simples estar entre um livro que se lê e um rosto que descansa nas pernas de alguém. (...)

A Mar... "

...

estas palavras que ficaram por dizer ainda hoje me sufocam...

...
e a nossa data aproxima-se...,
já passaram quase 8 anos,
Meu deus..., 8 anos...
...
por vezes lembro-me do teu rosto
do sorriso lindo e mágico que tinhas
e do qual teimavas dizer ser sempre sincero
...
lembro-me da vida que os teus olhos guardavam...
do brilho que me iluminava
das tuas palavras, de todas elas...
...
lembro-me da tua alma,
essa alma de quem eu fiquei orfão
pois era a metade da minha...
....
Sabes...,
o Pescador sobreviveu....

e tu minha doce amada !?!?
Morreste mesmo !?!


Um brinde....
minha Julieta de olhar mágico
aonde quer que estejas !!

58 comentários:

miuda disse...

lindo............................. a tua julieta sabe o que perdeu!!! se calhar na altura outros ventos eram mais fortes. já se deve ter arrependido.
ainda bem que o pescador sobreviveu senão o que seria de nós? quem nos deliciaria com palavras tão belas? quem nos levaria a passear na sua barca pintada com as cores do arco-irs?
muitos beijos doces

Pescador disse...

Uau... pensava que tinhas desaparecido ... minha querida miuda-gaivota ... linda e doce ...!!
....
Sabes, não sei se vais perceber isto que te vou dizer em seguida, mas embora eu sinta buééé a falta das tuas visitas, da gaivota a cantar em redor da minha barca, por vezes prefiro o teu/seu silêncio...
Infelizmente para mim mas felizmente para ti ... já percebi que o teu silêncio, acaba por ser quase sempre um bom sinal !!

Bjs docesssss e muitosssss ;-) ...

PS: Ah, ia-me esquecendo, tou zangado contigo, pois nada disseste do convite para dançar !! ;-) !!

Aran disse...

Os fantamas do passado... mas parece-me que apenas é uma nostalgia que te assombrou... beijinhos

Patrícia disse...

Hoje não posso dar-te as palavras que não tenho...apenas menciono que o meu Romeu onde quer que esteja, guardará aquilo de que tanto preciso. Beijo...

Shadow disse...

"...orfã de quem por mim lute, de quem me puxe para perto dele e me aconchegue..."

terrivelmente belo, e proximo.

(quando a gente gosta/é claro que a gente cuida/ fala que me ama só que é da boca para fora... onde está voce agora?)

bjinho grande

Pescador disse...

Aran: Sabes aran, ontem tive um dia daqueles em que uma pessoa não está bem percebes ... mas não sabe muito bem porquê...
hoje lembrei-me ...
hoje já tou melhor ...mas lembrei-me...
Mas tens razão... isto foi apenas uma nostalgia que me veio assombrar...
Sabes escrever isto aqui .. foi como que uma espécie de pequeno exorcismo !! ;-) !! Fez-me bem !!
Bjs doces Aran !!
Pescador

Pescador disse...

Patricia: O teu Romeu é um sortudo miuda... porque um dia ele vai encontrar a sua Julieta e o final da história vai ser bué feliz !!
E quem sabe se um Pescador nesse dia não irá ver no meio do mar a lua sorrir de forma demorada e doce... ;-) !!
...
A minha história já passou... as nossas pegadas já ficaram marcadas na areia ... o tempo já não vai voltar atrás... e sabes uma coisa, eu também não quero que ele volte ...atrás !!
Bjs doces ... Lua !!
Pescador

Pescador disse...

Shadow: Jinho grande para ti também Shadow ;-) ... e doce..., muito doce !!
Pescador

PS: Sabes Shadow, continuo a procuro do blog ignobil... mas ainda não o encontrei ;-) !!

Anónimo disse...

Adoro esta música...claro!...de que maneira...e o que escreves,ah!bem...delicio-me...
Quase me perdi...verdade!Romeu não,até disso gosto mais do nome do meumaisquetudo...e de (a)mar...muito!
maria

sylpha disse...

É bom deixarmos soltar as palavras, faz bem à alma meu querido Pescador. Fá-lo sempre...alivias a tua barca. Apesar da nostalgia, adorei saber que tiveste uma Julieta na tua vida :) Beijo enorme

Vivis disse...

Encantada com sua sensibilidade, de sentir além de suas entranhas e ouvindo Caetano, nostálgico!É um daqueles mometos mágicos que se liberta, lágrimas verdadeiras. Depois da tempestade nada melhor que contemplar o nascer do sol, a brisa suave.
Beijos Doces!
Vi

H. disse...

... ela partiu... de ti... do mundo (?)... mas ficou a memória das palavras, a memória dos gestos... desse tempo que ficou cristalizado em ti...
e isso vive... para sempre... *

... e nunca deixes de viver pescador!

Vanessa disse...

(A)mar.

Uma história que passou.

Algumas ficam mais bonitas com o tempo. E não se apagam. Vivem nas recordações que podem ser boas...

Há que saber aproveitá-las... :)

Beijinho*

Pescador disse...

Maria: Olá maria, e sejas muito bem vinda a este mar .. onde é fácil navegar e ouvir o som das ondas !! Espero que tenhas gostado e que voltes.. sempre ;-) !!
Bjs ;-) !!
Pescador

vulnerable disse...

Fiquei arrepiada... sensibilizada... não sei se entendi todas as tuas palavras... mas espero ter entendido para além delas... 8 anos passaram... mas o sentimento... esse permanece nem que seja um pouco... aí dentro desse coração...espero que o Amor abunde como em tempos... Beijo

Pescador disse...

Sylpha: Pois é minha cara, as palavras tem por vezes esse dom, de aliviar a alma !! E nesta barca, poder partilha-las é também saber que existem outras almas que com as suas palvras me põe mais rapidamente um sorriso no rosto !!
Bjs doces e muitos sorrisos ...
Pescador

Pescador disse...

Vivis: Engraçado, vejo agora que a imagem que juntei às minhas palavras esconde imagens que os meus olhos ainda não tinha reparado... hum, engraçado .. como o sorriso meio parvo que eu tenho no rosto , agora que volto a olhar para a imagem !!
Fui levado a escolher esta imagem pelo óbvio, e no entanto...
Bjs doces Vi
Pescador

Pescador disse...

Lost in Space: Ela partiu...
eu parti..
depois ficar a vê-la a ir...!!
Não sei se pariu deste mundo, ... parte dela penso que sim..,
não sei !!
E claro que sim minha querida Rainha do Vazio, é claro que eu vou continuar a viver... acho mesmo que vou viver para sempre
;-) !!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Vanessa: E sabes uma coisa Vanessa, é impossível esquecer as boas recordações e memórias..., é simplesmente impossível esquece-las ..., pois esquecer-me delas... é como que esquecer um pouco daquilo que sou .. hoje ;-) !!
Bjs doces ;-)
Pescador

Pescador disse...

Vulnerable: Hum, à um canto do meu coração que é dela... e sabes porquê !?!? porque ela ficou com ele...!! e nunca o devolveu !!
...
Pelo menos eu penso que o Amor de uma vida não se esquece, mesmo que depois venham outros..., mesmo que depois venha outro tão intenso como o primeiro, ... sabes, o facto de faltar aquele cantinho do coração é motivo para que tu nunca o esqueças... e com o tempo ele torna-se numa suave e doce nostalgia, numa recordação agradável !!
Bjs doces .. e hoje talvez um pouco vulneráveis ;-) !!
Pescador

Drops disse...

Ouvi hoje a minha irmã a retratar um cenário, e acho que ela te viu, sem saber que estavas lá... eu vi-te, sem sequer ter visto o mesmo que ela...

Uma noite limpa, em baixo da varanda uma piscina iluminada, pouco à frente um farol, e ali mesmo no mar, dezenas de pequenas embarcações de pescadores solitários, com luzins acesas para atrairem as lulas. no céu, a lua cheia... luz branca, ofuscante. Ar quente, e o cheiro da maresia a entrar por cada poro...

És como uma miragem em pleno deserto... mesmo sabendo que não és bem real, ajudas-me sempre a dar um passo em frente.

Beijo... entre o doce e o salgado.
Drops

Mily disse...

A imagem trouxe-me doces recordações... mas as palavras chegaram em minh'alma atualizando pequenos focos de dor, tocando feridas em cicatrização, revolvendo lembranças recém-adormecidas, intensificando saudades de lágrimas doídas... ó tempo, porque não passas na mesma velocidade com que me deixaste orfã do ser amado? Ah, amigo! Quantas recordações me trouxeram seu texto! Ainda estão todos os fantasmas presos no peito... sem coragem para exorcizá-los... ainda não! No beijo e no afago de hoje, deixo também uma lágrima... que escapou das tantas que represei no coração para que não inundassem minha alma.

TMara disse...

guardar a memória é bom. Saudade não. E pq necessitaremos de quem nos proteja e não o fazemos nós? Bjs e ;)

Pescador disse...

Drops: Sabes... eu estava um pouco mais longe, mesmo a meio do caminho que fica entre a praia e as rochas e a linha do horizonte..., mas eu estava lá... pois é por lá que eu fico quando eu ando por aqui !!!
Uma miragem !?!?
Talvez seja mesmo isso o que vou sendo por agora..., uma Miragem !! Ou melhor, eu sou definitivamente uma miragem, será que existo !?!?!
Mas é bom saber que me vês...
pois isso significa que me olhas com a alma, ...
e com a alma todas as miragens são reais !!!
E é também bom saber que deste um passo em frente... , assim como saber que te ajudei a dá-lo ;-), .... qualquer que tenha sido a forma !!
Tu és uma personagem linda, sabias !!
Bjs definitivamente doces.... e azuis ... muito azuis ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Mily: Sabes, Mily, as lágrimas é melhor que existe para limpar a alma, ... não faças do teu coração uma represa, pois elas vão ficando por ali, paradas, ... lágrimas paradas, água que te consome, ... que não te deixa esquecer !!
Chora minha amiga, alivia o teu coração e limpa a tua alma ... dói... mas... cura !!!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Tmara: Gostava de ter percebido melhor o sentido das tuas palavras minha cara Tmara... mas eu sou sincero, não o consegui, ... acho que é bom guardar as memórias ... mas também se tivermos as memórias e não houver saudade..., sabes, acho que sozinhas as primeiras não servem para nada pois só com a segunda as conseguimos sentir !?!

" pq necessitaremos de quem nos proteja e não o fazemos nós? "

Acho que a debilidade e a fraqueza é inerente a nossa condição de seres humanos que assim o determina... acho eu !?!? , não sei.. talvez ... bem já tou confuso !!

Bem, vou-me mas deixo-te um bj doceeee e muitos sorrisos em forma de sol !!
Pescador

Jessy disse...

Ola. Esta é a primeira vez que te visito. E vou voltar pois deliciaste-me com as tuas palavras... O passado faz parte de nos e apesar das pessoas seguirem caminhos diferentes os momentos vividos permanecem sempre na nossa infinita memoria. É bom recordar, mau é fingir esquecer!!!Beijocas

Pescador disse...

Jessy: Olá Jessy e muito bem vinda sejas a este mar sereno de ondas azuis e mil sons ;-) ...
... espero que voltes, da mesma forma que eu logo ei de dar um salto pelo teu blog... até lá ... vou contando os minutos ;-) !!
...

" É bom recordar, mau é fingir esquecer!!! "

Acho que esta tua frase diz tudo, pois quando fingimos esquecer até podemos esquecer muita coisa, menos a dor...
Gostei muito da tua visita ;-) !!
Bjs doces
Pescador

PS: Bem lá se foi o intervalo... lá vou ter que voltar para as arrumações... este inicio de férias não tá ter muito piada !!

miuda disse...

arrumações?!? desde quando o pescador se "assopeirou"?????
que eu saiba os pescadores pescam no mar e tu ainda por cima és pescador de sonhos!!!!
quanto ao convite para dançar, que reclamaste não ter respondido, aqui vai: claro que quero dançar.

muitos beijos doces


(temos de fazer mais uma noitada antes que o verão acabe:)

Pescador disse...

Miuda: Primeiro que tudo minha cara e doce miuda, de quando a quando eu tenho que lançar âncora junto de um qualquer porto, porque até a minha barca precisa, de vez em quando, de uma grande limpeza , sabes, é para não deixar acumular a humidade, o pó e afins..., depois,... é até engraçado falares de "pescar sonhos" porque às vezes, até no meio das limpezas acabo por pescar .. um... sonho
;-) !!
Em relação à noitada ... é só dizeres em que Porto te encontras que eu vou te buscar... ;-) !!

Bjs docessss e ;-) quase tão lindos como o teu !!
Pescador

Segredos de veludo disse...

Tens um jeito muito próprio de encantar. Esta barca tem recantos cheios de tesouros. Quando alguém parte, foi porque não quis ficar, porque n era feliz, por tanta coisa inquestionável...
O que importa é que qd se amou, esteve-se lá.Quando a nostalgia bate à porta e entra sem avisar, devemos recebê-la. Ela é tão necessária como qualquer outro sentimento. É assim que vamos construíndo o nosso percurso na vida.
Escuta o mar.Conto-te um segredo...(Ouviste?):)

curiosa paixão disse...

Olá amigo pescador, que saudades de passar por aqui! Venho deixar-te um beijo encantado tal como as palavras deste teu post. Beijos

Charlotte disse...

Meu bom amigo, que saudade te deixou essa alma gêmea... Um amor qd é verdadeiro e intenso, jamais é esquecido!! Platão não dizia que "recordar é viver" então vive-o, não com nostalgia, mas como uma boa recordação... Um brinde aos dois!
Beijokas***

Pescador disse...

Segredos de Veludo: A vida é sempre feita de opções... tudo são opções... confiares na palavra de alguém é uma opção, não confiares é outra, lutares por algo é uma opção... ficares parada ... é outra!!
Sabes, por vezes as opções de vida de uma pessoa chocam com os sentimentos de outra e vice versa ... !!
A minha história foi uma história de opções e de não optar...
A minha história foi a magia de um mundo que não este... e o cinzento .. deste mundo !!
A minha história foi uma história de amor... que envolveu mais do que um homem e uma mulher... foi sempre mais do que isso... pois foram as suas personagens que tornaram esta história única....
Foi Amor... agora, é uma doce melancolia cuje o som eu ainda consigo ouvir em certas alturas, em certos lugares....

Ouvi....-te !!

Tens o toque suave do veludo e a magia do silêncio... o teu nome traduz bem quem tu és ;-) !!

E agora é a minha vez de te contar um segredo ;-) !!
- Tu és... , ... ouve o resto no bailar das ondas ;-)

Bjs doces e muitos sorrisos... obrigado pelas tuas palavras...
Pescador

Pescador disse...

Curiosa Paixão: Olá minha querida paixão curiosa ;-) !! Andaste desaparecida .. voltaste !?!!? Também eu já estava com saudades !!Tenho que te fazer uma visita... e sabes uma coisa, vou mas é já traçar a rota em direcção à tua ilha, levantar as velas e partir... eh, eh, já te encontro !!
Bjs doces ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Charlotte: E eu brindo a ti minha doce e linda amiga !! Por onde tens andado desaparecida... ou será que apanhaste uma grande bebedeira no aniversário do teu blog e andaste a ressacar ;-)!!
Grande festa sim senhora !!
Vou visitar-te ...
bjs doces pa ti bella ragazza (hum, já estava com saudades de escrever em italiano)
Pescador

Menina_marota disse...

(" (...) Eu..., eu sinto-me sozinha....perdida entre dois mundos, fraca e cinzenta..., cobarde.... orfã de quem por mim lute, de quem me puxe para perto dele e me aconchegue. Sinto-me orfã de um banco de jardim onde duas pessoas se amam com o simples estar entre um livro que se lê e um rosto que descansa nas pernas de alguém. (...) A Mar... ")

Fiquei a olhar estas palavras... a interiorizá-las… lendo o meu pensamento. Sei que as poderia ter escrito. Aliás, escrevi-as sob uma outra forma, algures num dos meus blogues…porque o amor, quando acontece, permanece… mesmo que o mundo à nossa volta se modifique.
Adorei o teu Blog. Voltarei de certeza absoluta.
Um abraço ;)

Anónimo disse...

Como é lindo este teu post! Era capaz de pintar uma parede inteira do meu 4º com essa imagem, qts as palavras, ja as sinto um pouco como minhas, ate pork me fazem lembrar o meu post de hj, engraçado, como as vezes escreves no teu blog e ves um pouco a repercussao do que escreves nos posts dos outros - telepatia?

Um grande beijo
Vampiria

Leti disse...

É a primeira vez que passo por aqui, e perdi-me completamente nas tuas palavras tão mágicas!! prometo voltar!
O passado faz parte da nossa história, o importante é saber utilizar essas cores para pintar um presente e um futuro ainda mais colorido!! bjinho

Pescador disse...

Menina Marota: Tenho a vaga ideia de que não é tua primeira visita...mas como pelo entretantos tive que formatar o disco rigido e perdi montes de moradas de vários blogs...
...
Acho que todos nós um dia escrevemos levados pelo amor ...
Gostei muito da tua visita e ficarei a espera de outras
mais ;-) !!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Vampiria: Telapatia !?!? Não sei talvez estivessemos na mesma onda ... ;-) !!
Sim, também eu adorei esta imagem, ... e ainda agora mesmo vou descobrindo nela traços, nos quais ainda não tinha reparado !!
Bem, tinha que ir ver este post gémeo ;-) !!
Bjs doces e de mil cores !!
Pescador

Pescador disse...

Leti: Olá Leti !! Tens nome lindo sabias ;-) !! Espero que tenhas gostado de navegar por este mar que desconhecias e que voltes muitas e muitas vezes ... pois eu mal possa irei passear um pouco pelo teu pequeno espaço !!
Ah, e muito obrigado pelas tuas palvras tão doces... acho que mágicas são todas as palavras que vão voando por este mundo !!

Bjs doces
Pescador

viver em segredo disse...

acabei aqui nem sei bem como...saltando pé ante pé neste dia tão quente...mas não posso deixar de comentar...esteja onde estiver a tua Julieta não se esquece de ti...sabes porquê? Porque os grandes amores nunca se esquecem...beijinho

Pescador disse...

Viver em Segredo:

Olá Segredo ;-)!!

Sabes, o Pescador e a sua Julieta eram maiores do que os corpos que os carregavam... por isso o seu amor vai ser eterno... vai durar para sempre... , pois cada deles ficou com um pouco do outro... e assim .. ... !!
Ainda bem , que pé ante pé chegaste aqui... espero que voltes e que nunca faças segredo das tuas visitas !!
Bjs doces ...
Pescador

Carla disse...

Quando se recorda um amor 8 anos depois é porque foi mesmo importante... e nunca deixará de ter o seu lugar muito especial no coração de quem recorda. Provavelmente ela fez-te o mesmo brinde em pensamento... :) Um beijo grande, pescador bonito :)

Vivis disse...

Uma linda manhã na Baia de Guanabara, os primeiros raios ja brilham no Pão de Açucar , as ondas suaves me veio um caro Pescador, lembranças saudosas e felizes, viveu intensamente o amor a tua Julieta, tão forte amor... tenho comigo que as coisas nos ve nem sempe para dar certo , mas para levar-mos algo para a vida que nos chama em outros caminhos, pessoas, oportunidades de sermos felizes.
Tecer um sorriso um averturar-se, acredito que este seja o teu caminhar, buscar outros mares.
Bjos carinhosos Pescador.
Vi

Anónimo disse...

Há pessoas que nos ficam gravadas com um tal carinho que nem a dor que nos causaram pode de modo algum apagar...
Quem escreve assim sabe que as pessoas mais brilhantes partem ou deixam de brilhar...
Que o que nos apaixona hoje nem sempre nos apaixona amanhã...
Tudo o tempo muda e tudo leva nos seus braços mesmo quando é manso como no verão...
Ficam as memórias normalmente mais doces do que a realidade (ainda bem) que nos fazem por vezes relembrar...
Recordar é bom, bons momentos mesmo que já não recuperáveis também é bom, faz-nos exigir mais de nós... Se já tivémos tanto agora não nos vamos contentar com menos...
E faz-nos escrever (a mim faz) e despejar de nós aquilo que só às vezes nos faz falta, faz-nos criar aqui um baú que sabemos nosso sem necessidade de transportar sempre connosco.
Sentimo-nos mais livres para viver novas vidas porque as que já vivemos já não podem desaparecer...
E quem sabe parte da terapia não seja ver que apesar dos momentos maus tivémos momentos muito bons neste baú... Desconfio que sim, mas não sei. Ainda não senti necessidade de o fazer...
Quanto ao convite está aceite. Eu adooro dançar de todas as formas...
Um beijo...
Pandora
http://momentosavulso.blogs.sapo.pt

Pescador disse...

Carla: Olá carla ;-) !!
...
Foi talvez a primeira vez em que fez sentido dizer a palavra "amo-te" ...
ou como ela disse, foram tempos em que tudo foi sentido, em que tudo fez sentido !!
Bjs doces personagem linda ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Vi: Talvez minha car Vi... por ora apetece-me apenas ficar por aqui a navegar por este mar , apreciar as ondas e o que elas trazem...
....
O dia amanhã haverá de chegar... tanto mais que não sei se algum dia o Pescador irá de novo..., quem sabe....
Bjs doces
Pescador

miuda disse...

para ñ te andares a queixar q ñ passo por cá.....

;)

Bjs miuda

Pescador disse...

Pandora: Sabes aquelas cicatrizes que com o passar do tempo, com o sol, com o frio... acabam por se tornar quase imperceptiveis !?!
...
Esta é uma delas..., apesar de tudo, eu sei que ela ainda lá está, e quando vento vem do mar, ou a luz do farol se acende.., em noites de mar de prata .. ou junto de pontões..., nesses momentos ela dá de si.. uma pequena dor que releva, como se a sua unica intenção fosse fazer me lembrar daquilo que eu sei que nunca ei de esquecer !!

Então dançemos minha cara ... e obrigado pelas tuas palavras doces ...
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Miuda: Olá miuda doce... lembrei-me de ti à poucos minutos atrás.. enquanto andava por aqui na minha barca ... a guardar umas garrafas de um óptimo vinho, vintage ;-)....
e que eu roubei hoje de manhã de um barco de Piratas ;-) !!
Bjs doces minha querida
Pescador

PS: Eu não me queixo... por vezes sinto a tua falta .. é só isso ;-)
... mas também já te disse aqui o quanto prezo o teu silêncio !!

Cristina disse...

Um poema muito lindo mesmo, adorei a imagem da janela

:-)

miuda disse...

eu queria dizer "queixar", percebeste?
quanto ao vinho... imagina uma esplanada junto ao mar (pois tinhas a tua barca mesmo ali no areal) ali para os lados da comporta com um verdinho geladinho sabia mesmo bem com este calor, não achas? ou então uma sangria de champanhe bem geladinha e bem carregadinha..... ai.... que copofonia.

para variar o meu estado de espirito nestes últimos tempos, hoje não me apetece trabalhar, bem podias atracar neste porto para me dares boleia na tua barca e irmos passear.... até à tal esplanada.

bjs
miuda

Pescador disse...

Nita4ever: Olá Nita... muito bem vindas sejas a este mar... de palavras, sons e visões !!
Bem.. isto que eu escrevi neste post não é um poema... embora ...
não sei..., quer dizer agora que olho para ele, o texto, talvez até tenha qualquer coisa de póetico... mas a intenção não era essa.., contudo fico sensibilizado por assim o considerares... enquanto escrevia este frases dei uma saltada pelos teus mundos ... ;-)tenho que voltar com mais tempo !!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Miuda: Deve ser deste calor insuportável... mas não percebi.. devo estar lerdo !!

Hum, que cenário delicioso ;-) esse que tu pintaste !!

Está bem, eu dou-te boleia na minha barca, mas não chego atracar também...é que esse Porto onde estás agora, tem obras e estaleiros a mais para o meu gosto ;-) ... mas também não faz mal porque tu sabes voar... e assim voas até ela !!
Marcamos rota para o sul, e no final da tarde já estaremos a saborear algo gelado nessa tal esplanada ;-) !!!
Bjs doces
Pescador

sininho disse...

pescador
hoje fui agraciada pela inexistência do acaso...sei que "navegava" quando aportei em teu mar.Lendo-ti abstrai de teus comentários um pouco de tua alma, o que é natural pois são vestígios teus.Servi-te uma taça de vinho tinto...sentistes?...e ficamos alí horas,ás vezes esbosávamos um breve sorriso e levantávamos a sombrancelha,ora balançavamos a cabeça e passavamos as mãos pelo cabelo, movimentos sutis no espaço profundo entre o silêncio e o sentimento,diálogo possível apenas entre almas que se compreendem.
Como é curioso o movimento do mundo nos dois que nunca nos vimos vivemos na mesma dimensão dos sentimentos, somos íntimos.
você aí a espera da mensagem dentro da garrafa que mudará o curso da tua nostalgia para um vulcão de emoções e eu aqui a espera de ...não importa desde que seja emocionante, vibrante, apaixonante com gosto de vida.Algo que me faça esquecer do meu peito que abriga um coração cheio de sentimentos que viram emoções antigas
que se confundem com ressentimento, saudade,amor...ele já vive a tanto tempo assim que não tenho certeza se a história que me lembro foi o que vivi ou se já não a explorei tanto.Único recurso que tinha para sobreviver que deixei de observar a vida e suas possibilidades,na esperança de reviver outra sorte de um acontecimento que me ressucite...só que a possibilidade desta garrafa aparecer é bem menor do que a de mudar teu curso acelerar de encontro ao vento e quem sabe se chocar com uma emoção genuína e deixar que faça por si o rescaldo da queima de tantas emoções.Boa sorte, que a vida continue conspirando a nosso favor.

sininho disse...

pescador
hoje fui agraciada pela inexistência do acaso...sei que "navegava" quando aportei em teu mar.Lendo-ti abstrai de teus comentários um pouco de tua alma, o que é natural pois são vestígios teus.Servi-te uma taça de vinho tinto...sentistes?...e ficamos alí horas,ás vezes esbosávamos um breve sorriso e levantávamos a sombrancelha,ora balançavamos a cabeça e passavamos as mãos pelo cabelo, movimentos sutis no espaço profundo entre o silêncio e o sentimento,diálogo possível apenas entre almas que se compreendem.
Como é curioso o movimento do mundo nos dois que nunca nos vimos vivemos na mesma dimensão dos sentimentos, somos íntimos.
você aí a espera da mensagem dentro da garrafa que mudará o curso da tua nostalgia para um vulcão de emoções e eu aqui a espera de ...não importa desde que seja emocionante, vibrante, apaixonante com gosto de vida.Algo que me faça esquecer do meu peito que abriga um coração cheio de sentimentos que viram emoções antigas
que se confundem com ressentimento, saudade,amor...ele já vive a tanto tempo assim que não tenho certeza se a história que me lembro foi o que vivi ou se já não a explorei tanto.Único recurso que tinha para sobreviver que deixei de observar a vida e suas possibilidades,na esperança de reviver outra sorte de um acontecimento que me ressucite...só que a possibilidade desta garrafa aparecer é bem menor do que a de mudar teu curso acelerar de encontro ao vento e quem sabe se chocar com uma emoção genuína e deixar que faça por si o rescaldo da queima de tantas emoções.Boa sorte, que a vida continue conspirando a nosso favor.