segunda-feira, maio 22, 2006

Crash

.


.

.


" É a sensação do toque.

(...)

Numa cidade a sério tu caminhas, sabes !?!

Roças nas pessoas, elas vão contra ti...

"aqui " ... ninguém te toca




Acho que sentimos tanto a falta desse toque


que

chocamos



uns nos outros
só para sentir alguma coisa "
.
.

It's the sense of touch.
In any real city, you walk, you know?
You brush past people, people bump into you.
In LA, nobody touches you.
I think we miss that touch so much,
that we crash into each other,
just so we can feel something."

Crash, 2005

.








I live my life like a 38
Pointed straight but shooting blanks
Killing Angels but they don’t don’t die
I’m heading on a course of change,
Lost my brother on the run
Lost my dignity to one
I blame them others and take none
Am I a man.
I wake up every day in rage
Sore from bumping round my cage
I see my father broken down
He seem so strong up until now
And all the inner conflicts groan
Cause now I question all
I know
And I just need something
I could feel
So
.
If I…
.
Crash in to you
..
And If I…
Dare Not Run away
It’s Cause I…
Need someone to touch
Whether it’s…
Heavenly or pain
And if by…
Chance we don’t collide
Then I’ll…
Take much better aim
It’s cause we
need someone to touch
.
( ... )
.
.
.
.
.
.
e fico a pensar...
será que por "aqui" também
não fazemos mais do que...
.
"chocarmos"
.
uns contra os outros !?!?
.
.

37 comentários:

Célia disse...

Será que na correria diária na cidade chocamos uns contra os outros só pela carência de toque? É um assunto que nunca tinha pensado, mas não afasto a sua veracidade. Tem lógica, porque muitos encontrões que levamos na rua são previsiveis e evitáveis...
Por outro lado, acho que aqui na net, chocamos uns contra os outros como forma de expressão de sentimentos e de aspectos do nosso carácter que não transmitimos com tanta clareza nos relacionamentos interpessoais.
Escondemo-nos atrás dum nick ou mesmo do anonimato e, assim, conseguimos ser nós mesmos. Já agora, não costumo usar nicks, uso apenas o meu primeiro nome, não me identifico com nicks.
Fico feliz por ter chocado com o teu blog e contigo, gosto de vir cá visitar-te e deixar um comentário. :)
Beijinho.

Aran disse...

Mhmmm... não tenho assim tanta a certeza... Aqui [na hipotese de estares a referir ao mundo virtual...] só te tocam na alma... é um sentir diferente, não é o mesmo que sentir-se no toque... E há o chocar e chocar!!!! ;) Um beijinho grande

PS: a carência manisfesta-se em qualquer lugar, nas mais variadas circunstancias...

Musician disse...

Bem verdade meu querido amigo!
Mais do que na vida real, estamos no mundo virtual para nos tocarmos uns aos outros...no coraçao :)
Beijinho doce*

A. disse...

Hello,stranger...
Where is this love?
I can't see it...
I can't touch it.
I can't feel it.
I can hear it.I can hear
some words...but i can't do anything with easy words.

Everybody wants to be happy...
There's a moment,there's always a moment...and i don't know when your moment was...but i bet there was one.
Why isn't love enough?

(closer)

Há sempre um momento que nos deixamos tocar...e sentimos.
E outros em que acabamos por entender que afinal aquilo que toca também pode ferir
...e sentimos.

Lindo o que aqui
deixas.Beijo meu querido.

Moon disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Vivis disse...

... o toque!
disse tudo .

Sinta meu abraço terno...
Beijo

Incógnita disse...

Muito pelo contrário. Aqui há todo o tipo de contacto, menos o toque. Estes são choques de personalidade, bem mais reconfortantes...

anacanela disse...

és sempre profundo...mas desta fizeste mesmo crash!! arranhão da pele á alma, profundidade das emoções que não conhece limites.
crash! mas também se não for assim...what´s the point?! gosto sempre de vir aqui, e tu "confirmas-me" isso sempre* abraço

maresia disse...

olá!!!
Sentir fisicamente que nos tocam,é bom, faz nos sentir mais vivos!!
Quando nos falam ao coração, sentimos muito mais carinho, muito mais amor!!
Por aqui, axo que nao chocamos, apenas existem uma liberdade de expressao, de sentimentos, de dizermos o que nos vai na alma!
beijinhos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ni disse...

Toque...

Toda a pele tem um nome, uma identidade, um segredo, uma história, uma tatuagem de saudade de quem lhe tocou, um pulsar,um respirar.

Tal como cada maré cheia. Única. inimitável na sua determinação de tocar a areia... de lhe dar a beber sal e asas de água...
...
Tal como cada palavra dita , escrita... silenciada... ou negada.

Tal como cada olhar, nascente de horizontes de voos sem retorno, assim traçados por vontade.

...
'Aqui'... reinventamo-nos no toque de afectos semeados nas músicas, nas imagens... nas palavras azuis.

Não interessa a idade, a cor, o sexo, o estatuto social... porque 'aqui' somos 'gente'... somos. Apenas.

Sabias que há quem escreva palavras que escorrem da verdade do coração, ainda que ninguém o perceba?

Sabias.

Sabias que há quem abrace sem nunca ser sentido(a)? Não o corpo... mas o 'ser'?

Sabias.

Abraço de vento...

Ni*

Maresi@ disse...

Surgiu este Blog num dos meus passeios pelos blogs! Gostei, palavras sábias....
Ha necessidade fisica desse contacto...desse toque...aqui no mundo virtual apenas tocamos nossas almas e pensamntos!
deixo convite para visita ao meu Blog

beijo com sabor a Maresi@

Pandora disse...

Eu sempre achei que sim... Aqui neste mundo que existe numa dimensão diferente do outro mundo que o e nos suporta chocamos uns contra os outros sem nehuma ligação.
Gosto disso, do acaso, da improbabilidade, da imensidão de nomes do qual escolhemos um e depois outro, excluindo milhares deles.
Porque será que a escolha foi aquela, são apenas nomes... ou não
Aqui até os nomes falam, querem dizer alguma coisa, foram escolhidos de forma mais ou menos inconsciente... Já mostram alguma coisa... E depois despojamo-nos das coisas que normalmente nos distraem das personalidades, dos seres. Desaparecem as formas de olhar, os movimentos dos corpos, os toques reais, as cores, o clima, os sons...
e ficam só aqueles que queremos deixar, aqueles que resolvemos partilhar, aqueles que achamos convenientes...
E vamos chocando com pessoas reais que para nós não chegam a existir, outras vão aparecendo e com as palavras em letras esteriotipadas vão fazendo a diferença... tocam...
Acredito que nestas cidades menos grandes, mas não menos solitárias se ligue muitas vezes o computador na procura de um toque...
Não sei bem se acredito que ele chegue, mas o que é certo é que existem palavras que nos vêm de certas pessoas que as tornam familiares e queridas para nós, como se as conhecessemos de sempre...
Esse é o teu caso! Gosto muito de ti! ou do parte de ti que eu vou criando daquilo que deixas ficar e que choca com aquilo que faz parte de mim...
Um beijo muito doce :)

Shadow disse...

um dos filmes que mais me marcou... por tudo o que nos dá... nos transmite... ensina... pelo soco profundo que nos atira contra o estomago. por tudo... tu sabes :)

bjinho

Ana Luar disse...

Sinto-te e gosto deste sentir... Oiço-te...
sim oiço! Eu escuto as palavras que escreves... palavras que me fazem sentir...

Pierrot disse...

Que grande filme.
Que grande argumento.
Que grande realização.
Crash mais não é do que olhar para as várias vidas qual casulos que se vão tocando em contangentes.
E as vidas só vêm à tona da nossa sensibilidade quando chocam verdadeiramente connosco.
Também o comentei no meu Blog.
Parabéns
Eugénio Rodrigues

Pescador disse...

Célia: Primeiro que tudo,muito obrigado pelas pérolas que vais partilhando comigo, tens
enviado coisas lindassssssssssss
;-) !! Em relação ao Crash, tenho a impressão que criamos os blogs não só para nós para os outros , pois sentimos a necessidade da sua visita, do seu toque, que é dado normalmente com palavras, é mais ou menos desse choque que falo aqui, mas também já não tenho bem a certeza porque tenho olhado para este post através das vossas palavras, e de certa forma ele vai-se modificando !!
Jinhos doces e muitos ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Aran: Olá minha querida, não sei se é bem carência aquilo que aqui pintei, penso que seja mais a necessidade de me tocarem, neste caso com palavras, para me sentires virtualmente vivo. Acho que um blog são palavras, minhas e tuas,quando elas faltam, acho que ele começa a morrer.
Escrevo para mim e para ti, para ela... quero o teu toque, as tuas palavras, quero sentir que te/lhe toquei quando sinto que me tocaram.
Confusa !!!
Não faz mal, este post talvez seja um pouco confuso.
Bjs mil vezes doces... estás a ver eu adoro bjs ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Musician: Nem mais minha querida, e por aqui existem personagens com toque mágicos ;-) !!
Jinhos doces
Pescador

Pescador disse...

Askim: Todas as palavras que me deixam aqui, tocam... tem uma textura e um cheiro, por
vezes sinto que chegam, outras vezes, que ficam pela metade...,
mas existem algumas que trazem com elas um manto de algum mistério, uma sombra ...
e as tuas são assim doce Askim, a começar pelo teu nome,ele e elas tem algo de sedutor mas ao mesmo
tempo... não sei !!!
Beijinhos doces e um sorriso especial !!
Pescador

Pescador disse...

Moon: :-( !!

Pescador disse...

Vi: e como é doce esse toque do teu abraço ;-) !!
Jinhos doces
Pescador

Pescador disse...

Incógnita: Falo de um toque virtual, falo quando as palavras nos tocam, quando ao leres algo
sentes um arrepio e ficas com pele de galinha, falo de um sorriso que mexe com os teus musculos da
face, falo de uma lágrima que escorrega pela face, falo de um toque..., deste toque ;-) !!
Bjs doces minha querida !!
Pescador

Pescador disse...

Areia: Tocaste-me sabias, senti a areia das tuas palavras a tocaram nas margens da minha alma
senti o teu toque, esse "arranhão"..., senti !!
Jinhos doces
Pescador

Pescador disse...

Estrela: Talvez o chocar que falo aqui mereça umas "aspas",
não é um chocar fisico...., é um chocar que se sente, em cada palavra, em cada emoção retribuida, em cada presença virtual...
Jinhos doces pa ti estrela
Pescador

Pescador disse...

Anónimo: Vou abrir uma excepção para ti anónimo, e vou descer ao teu nível, para te dizer algo
sobre essas palavras que usas para te referires a minha pessoa, elas são como adagas que provocam
uma dor imensa na minha alma, e quando me as dizem pessoalmente, faço logo essa pessoa
engoli-las, junto com alguns dentes !!
Com nenhuma consideração e muito desprezo
Pescador

Pescador disse...

peço desculpa a vós e não a ele pelo meu comentário anterior...
... mas aquela expressão ...
...faz-me perder a cabeça !!

Pescador disse...

meNINA: Tu tocas-me sabias...
as tuas palavras arrepiam-me por vezes sinto sabedoria e tristeza nelas,deixas-me por vezes alegre e outras mais triste !!
...
sabias que me tocas
sabias que eu sinto o teu tocar ... aqui
numa palavra
numa imagem
num som
sabias
...
sabias que eu copio este teu "sabias" para te dizer que com ele me tocaste
...
sabias !!??
Somos gente, somos personagens sem corpo, apenas alma... almas que se vão tocando porque por aqui, não tocar ou não deixar que nos toquem, é desaparecer
...
é como a vida lá fora, lá fora de "aqui" !!

Bjs e abraços doces e leves ;-) para ti minha querida
tu em embrulhado num papel suave e azul

Pescador

Pescador disse...

Maresia: Primeiro que tudo muito bem vinda sejas a este cantinho... e depois, desculpa por ainda não ter tido tempo para uma visita,embora já lá estive, em silêncio !!
E obrigado pelas tuas palavras delicadas e doces que me.... tocaram ;-) !!
Jinhos doces !!
Pescador

Pescador disse...

Pandora: Disseste tudo minha doce Pandora, percebeste tudo aquilo que senti e que queria transmitir
quando pintei este quadro, tudo...
Eu também gosto de ti..., tens algo de especial, de doce !!
Tens algo de maré sabias....
Jinhos doces minha querida....
continuo a espera da caixa de correio maior... e dai, talvez te arranje uma ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Shadow: Que saudades doce sombra
;-) !!
Já voltaste de vez !?!!?
Tenho te visitado em silêncio, mas tenho andado por ai, escondido na sombra ;-) !!
Obrigado eu, pelo filme fabuloso que me deste a conhecer. Mereceu bem o oscar !!
Ele é tudo isso e muito mais !! Nós chocamos de frente com ele !!
Jinhos doces e tudo de bom para ti sombra doce !!
Pescador

Pescador disse...

Ana Luar: Por vezes fico assim, sem palavras.
Choquei com as tuas palavras e fiquei mudo !!
...
Olá Ana Luar !!
Muito bem vinda sejas a esta barca !! Espero que voltes mais vezes, muitas... e que escutes e que sintas como eu , que tenho a intenção de sair daqui e ir-te sentir, ouvir... .
Jinhos docessssss
Pescador

Pescador disse...

Pierrot: 1000% de acordo com contigo amigo Pierrot !!
Um dos melhores filmes dos ultimos tempos... imperdível !!
Abraços
Pescador

Anónimo disse...

és mesmo mau :-)
Don Juan de meia tijela.

Pescador disse...

Agora fiquei com dúvidas sobre o teu real problema...
Será Incapacidade !?!?
Será Cobardia !?!?
Ou será uma simples e grandissima dor de corno !?!
Cumprimentos
Pescador

Anónimo disse...

nâo é nada disso anormalzito de merda toma atenção ao q escreves para nao teres de um dia de engolir o q escreves juntamente com os dentinhos.dor de corno?? Por causa de uma merda de um blog onde largas o q nao consegues fazer na vida ?hahahahahaha és mesmo um PALHAÇO
Cobardia era dar-te um borracho na tromba e de seguida agarrar-te na tua propria incapacidade e meter-ta no cu;) os cumprimentos podes pendura-los na tua parelha.....
.... de cornos e ja q ficas nervoso volto-te a dizer nao passas de um frustrado.

Pescador disse...

Hum, parece que é dor de corno...
...
bem por mim, dou esta conversa como terminada, tanto mais que eu dou a cara, virtual, mas dou, enquanto tu não passas de um Anonymous...
...
se a conversa continuar, começo a apagar comentários

:-/ !?!?