sábado, agosto 12, 2006

off ...

*
*

" Foram tantas as palavras que derramámos,
foram tantos grãos de areia que juntos pisámos….
E à noite, por entre dispersos episódios de uma vida de teatro,
o reflexo do teu brilho na lua,
e a luz dessa lua no meu olhar."
*

*
Vou passar um tempo fora...
no sul ...
em terras de mouros e calor...
talvez enfrentando alguns fantasmas
não sei...

...
"peço desculpa" a quem "devo" palavras
... vou tentar pintá-las antes de partir

Até Setembro...

espero voltar de novo em

"on"


Bjs doces e abraços sentidos

Pescador




17 comentários:

Anónimo disse...

Sabes uma coisa?

O meu amor ensinou-me a partir
Nalguma noite triste

É isso...

Um beijo muito grande e muito boa estadia pelo sul.

Patrícia

Aran disse...

Obrigada... que tenhas um bom repouso, encontros e desencontros... ;) mas o mais importante... que te encontres e que bons ventos te acompanhem quer na ida como no regresso... beijinhos e inté...
PS: o teu amor existirá sempre que assim o desejes ;)

Mikas disse...

Espero que tudo corra bem.

Célia disse...

Boas Férias Pescador Amigo!
Beijos.

Eternal disse...

Boas férias =)*

Mermaidblue disse...

Espero que tenhas umas óptimas ferias. Gostei muito do teu blog... a música trouxe-me muitas boas recordações!:0)

Anónimo disse...

Volta rápido. Já estou com saudades do teu "pescado".
Boas férias (são merecidas!).
Beijoca.
Naninha

Vampiria disse...

que texto bonito! que imagens indescritíveis! que bela despedida, breve, mt breve! beijos

Iruvienne disse...

que encontres o que precisas encontrar, e que regresses quando a altura chegar *****

até à volta

Ruby Sackville-Baggins disse...

:)
Boas férias Pescador! Recarrega baterias. Bem recarregadas! Porque nós precisamos de ti para nos iluminar aqui o caminho :)

Beijinho

Ni disse...

...
Linda, a canção...
...

Esculpidas no sonho, as imagens.
...
Guia a tua 'barca' ouvindo ventos e marés, fases da lua e (en)cantos de sereia...
...

«O meu amor ensinou-me a partir»

... ou partir-ME... não em estilhaços de espelho da lua, que reflectem gotas de memória, letras soltas de uma (passada) história... mas a IR... atravessando brumas e contornos de afectos, prisioneiros de um tempo que não respeita as marés e não volta... não se faz onda nem abraço.

VAI... em boa hora, que as deusas da Lua cheia de sóis te sorriam... e renova-te. Agarra uma lua só tua, faz dela a tua bússola rumo a ti mesmo.

VOLTA... sereno e que a água que escorre do teu olhar seja de chuva, de orvalho, fresca e doce...
...
Chorar «mar» dói.
Despe a dor.
Até já pescador.

Abraço de vento

Ni*

Palavras em Mim disse...

todos precisamos de um tempo pra reflectir.
um tempo só nosso, onde podemos mergulhar no pensamento e entendermos que tudo vale a pena acontecer.

Desejo te umas férias maravilhosas!

Um beijo desta amiga

Palavras

Musician disse...

Aproveita ao máximo esses dias.
Pensa e sente com o teu doce coração sempre!
Adorei as músicas que nos deixaste :)
Um beijinho daqui da amiga que tanto te estima*

Lucyflower disse...

Aproveita bem tua estadia no sul e voltaas com mais belezas...

A. disse...

Saudades de ti...simplesmente.

justine disse...

às vezes é bom parar...

fotos excelentes

um beijo
justine

dreams disse...

desculpa a invasão da tua barca, não estando tu nela...

gostei muito de passar por cá...

espero poder voltar quando já estiveres de volta dos mares do sul...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”