quarta-feira, agosto 06, 2008

SENTIMENTOS IR -RACIONAIS



DESAPRENDI PORQUE
JÁ NÃO CONSIGO







ENCONTRAR TUDO AQUILO
QUE JÁ NÃO É






GRITO E SACUDO
AQUILO QUE VEIO COMIGO



JUNTO DE QUEM UM DIA
FUGIU COM A FÉ

.....................




APRENDI NO ENTANTO
QUE JÁ SABIA


SEM VER QUE O MUNDO
JÁ NÃO O ERA


GRITEI À SOMBRA
DAQUILO QUE QUERIA




PELO QUERER QUE FOI
NO QUERO QUE TE ESPERA







......................







ENTENDI AGORA
O QUE NÃO BASTOU




PARA ME ENGANAR
E DEIXAR-ME ENGANADO




POIS FORAM TROVAS
A RIMA QUE ELE CANTOU





NA HORA QUE CHEGOU
PRESA AO MEU ATRASO



.....................



COMPREENDI PORÉM
QUE O SONHO FUGIU






PARA AQUELE MUNDO
EM FORMA DE QUADRADO





TUDO PASSOU AO LADO
NUMA FUGA
SEM DESVIO




COMO SE NÃO FOSSE BOLEIA
UM POLEGAR LEVANTADO




...........................



E AGORA REAGI
A UM ACTO DESESPERADO


POR COMPREENDER
QUE FOI APENAS CINEMA








ESTA NOSSA PEÇA
FEITA SONHO ENSAIADO





SOBRE A ILUSÃO
QUE EXISTIU NUM POEMA

4 comentários:

Anónimo disse...

Nem todos sabem representar Pescador...Será que desaprendeu ?...Não acredito nisso,os pescadores são homens sábios e lutadores...por isso não deixe fugir o sonho.
Continuo a andar por aqui em silêncio...
Desculpe a ousadia de ter comentado...

Um sorriso
jójó

biga disse...

olá pescador!....tenho estado ancorada no porto (estranho gosto das amarras do meu porto), por isso não tenho feito as habituais visitas por esse mar...demorei....sei também que tens estado mais tempo «ancorado» ou tens feito muitas «viagens»??
Não podemos, não devemos parar....qualquer dia encontramo-nos por aí...num mar perto de nós.

beijinho de umas vozes mais silenciosas do que o costume

Maria Sousa disse...

Olá pescador!

Adoro o mar...
Quem dera a mim poder pescar, o dia todo.. Pescar pensamentos, palavras, acções, sentimentos verdadeiros, conhecimentos perdidos, memórias esquecidas..

Mas, muitas vezes, abro o se blog, para ouvir essa música que aqui tem, e que eu não sei o nome... Mas que gostava saber.
Um dia desses deixo-lhe aqui escrito um texto meu, que escrevi ontem sobre o mar.. Enfim..memórias esquecidas...
Escreva por aí o nome daquela música, por favor...

Sabe tão bem ouvi-la, desperta águas de outras terras..

Um sorriso

Aran disse...

Olá, Pescador!
Os sentimentos são-no sempre na parte das vezes irracionaonais...
e por vezes iludem quando não são bem interpretados... umas vezes por não queremos aceitar a realidade tal como ela é, outras... porque somos estupidamente enganados...
Assim alguns sonhos, caem por terra, como folhas secas... outros passam ao lado, e outros brotam dela... mas a vida e os anos vão passando por nós, e com ela aprendemos e desaprendemos, nesta luta constante pela sobrevivência...

Espero que estejas bem!

Um beijinho grande