domingo, julho 24, 2005

Rouxinol - Parte II



Rouxinol...


O Rouxinol que encontrei no monte
Nasceu perto das colinas verdejantes
Foi fruto da sombra e do seu amor
Cresceu a ouvir cantar os feirantes

O Rouxinol que me vem encantar
Casou ontem com um espantalho
Ficou aqui perto longe do mar
Num lugar a que ela chama de atalho

O Rouxinol que sorriu ao sol
quando no mar viu um pescador
espantou os pardais em seu redor
e calada ficou a falar de amor

O Rouxinol que cheira a brisa
Distante quando está tão perto
Tem o doce perfume da maresia
Tem o sabor doce do mar perfeito

Gosta ou quem sabe talvez ame
Rouxinol que me afastas a dor
Escrevo-te em silêncio por acidente
Sem saber se te amo
Rouxinol meu amor

18 comentários:

Patrícia disse...

Que o rouxinol te cante todas as manhãs ao acordares a canção de alguém que adora ler-te! Beijo enorme!

Patrícia disse...

Hum...posso pedir-te emprestada a música? =)
Beijo!

Pescador disse...

;-) ... Claro... nem precisas de pedir miuda !!!
Bjs doces e uma noite recheada de sonhos ... de mil cores
... que je vai Zzzzzzzz!!
Pescador

Lyra disse...

consegues ver a arrábida?? a minha arrábida como lhe chamo. Na quinta feira fui tomar café á Albarquel á noite e o cheiro era intenso. A fogo. A serra cheirava a tristeza. Seremos vizinhos então!? :)

Pescador disse...

Lyra: Não consigo porque do outro lado da baia existe uma barreira de betão, mas mesmo assim ela ainda fica a uns kilometros..., não muitos, talvez uns 20, 25 kms conheço bem Albarquel...
pedaços da minha infancia foram passados na figueirinha, portinho da arrabida...., na praia que existe por dentro das muralhas do hospital do Outão..., os meus pais já tiveram uma quinta à sombra de uma das encostas da Arrábida..., o meu refugio secreto ainda hoje fica para os lados do cabo espichel...
...
penso que não seremos bem vizinhos, pois tenho um feeling de que deves morar em Setubal...
Mas já vi que as nossas barcas navegam por mares não muito distantes um do outro ... !!
Bjs doces
Pescador

Shadow disse...

já nao sei se venho aqui comentar textos, imagens ou musicas... mas ao chegar aqui comecei a ouvir a musica em duplicado =) o meu winamp anda em sintonia com o teu blog =) esta e High são deveras lindas.

digo eu =)

bjinhos

Drops disse...

Na vida de toda a gente, há um pássaro que insiste sempre em voar para longe...
=) sabes pescador... hás de encontrar um rouxinol que fique para sempre em teu ombro, e que cante para ti a canção que tu mereces ouvir.

Beijo doce... doce... doce
Drops

Pescador disse...

Shadow: Todo o album é fabuloso..., existe uma musica que chamada Wisemen, que é incrivel !!

Back To Bedlam ... um album com uma voz com alma, letras com coração e cheias de sentido, melodias serenas e doces ... na minha modesta opinião um album 5 estrelas !!

Bom gosto jovem... muito bem gosto musical o teu ;-) !!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Drops: Não sei... talvez... quem sabe se um dia um rouxinol não volta de novo a poisar no meu ombro... a encantar-me com o seu cântico ...
Quem sabe ...
Bjs doces minha querida
Pescador

Cubic.Emotion disse...

Bonito 'Rouxinol' esse... E boa música... :]

*

Lyra disse...

Curioso, eu nasci em Setubal, estudei lá, trabalhei lá e conheço Setubal como as minhas mãos. É a minha cidade. Vou a Setubal quase todos os dias mas o facto é que vivo fora dela. A 19km . No meu quase Alentejo :)

Aran disse...

Mhmmm... duvido que esse Rouxinol se tenha casado com um espantalho... Mas gostei muito do poema! beijinhos

Pescador disse...

Sara: Linda ... a música ;-) !!
Bjs doces Sara
Pescador

Pescador disse...

Lyra: Engraçado, eu fico mais ou menos a mesma distãncia de Setubal, mas em sentido contrário !!
Bjs lyra !!
Pescador

Pescador disse...

Aran: Hum, diz-me lá of-record porque é que achas que o rouxinol não se casou com o espantalho ???
Bjs doces ... Milady Aran ;-) !!
Pescador

Aran disse...

Ora essa, porque os espantalhos servem para espantar os pássaros!!! heheheh, beijinhos

Pescador disse...

Aran: Se calhar o espantalho desta poesia é tão quietinho que não assusta nenhuma ave... incluindo o rouxinol que casou com ele ;-) !!
Bjs doces Aran
Pescador

Charlotte disse...

Engraçado ia fazer a mesma pergunta que a Lira te fez, sobre a Arrábida:) Mas, agora já conheço a resposta;) Sabes, tb a minha infância foi passada na figueirinha, galapos e na quinta dos meus avós (Arrábida)! É uma zona da qual guardo muitas recordações e a qual costumo visitar sempre que sinto saudade... Adorei o teu poema Rouxinol II! Quem sabe um dia ele não volta a voar na tua direcção? Não sabemos... ?
Beijos c/ mta amizade***