sábado, junho 10, 2006

É(ra) tão mais fácil...



.
.

É(ra) tão mais fácil
deixar o coração nas estrelas
E apreciá-las a pairar no céu
Do que prender à luz de um farol,
o rumor dos teus passos distantes
.
.
.

É(ra) tão mais fácil
pousar os olhos no mar
E apreciar o nascer mudo das formas
Do que querer que voltes a nascer na praia,
dando vida à forma vazia
de uma eterna esperança
.
.
.
.
.
É(ra) tão mais fácil
deixar de sonhar
E esquecer as cores e os corpos na areia
Do que querer naquela sombra acreditar
Quando dizia que era o sol ,
o frio que brincava à minha beira
.
***
.

É(ra) tão mais fácil
continuar a escrever,
aqui, sozinho
Vendo as multidões de cinzento
e os barcos de azul
Do que querer que tu sejas um anjo
Nesse teu corpo delicado
de uma talvez, mera mulher
.
.

.
.
É mais fácil,
dizer que é(ra) tão mais fácil
Sabendo que o difícil
é simplesmente dizer...
Pois a palavra que se diz magoa
e a que fica calada
faz doer…
.
**
.

Estas palavras foram inspiradas
em quem tenta esquecer !!

36 comentários:

Aran disse...

É tão mais fácil fugir e ser-se cobarde, do que enfrentar a realidade... seja ela qual for!!! É tão mais fácil acreditar numa mentira... do que concretizar um desejo... É tão mais fácil virar as costas, do que ir à luta... E quem disse que a vida era fácil!?!? Desculpa-me se as minhas palavras são fortes... mas enfim!!!! Está magnifico o teu post, um beijinho grande

Pescador disse...

Aran: Fortes mas sentidas, verdadeiras...
embora este quadro talvez não seja sobre aquilo que sentes...
ele fala de... de não se conseguir acreditar mais... ,
de ter que esquecer...
...
mas de repente as tuas palavras levam-me a acrescentar algo neste quadro ... uma palavra, ou direi antes meia palavra !!
Desculpa a ausência !!
Bjs doces minha querida Lady
;-) !!
És um ser especial sabias !!
Pescador

Aran disse...

Eu entendi... :) mas não resisti!!!! ;) Ora essa... e obrigada!!! ;) Beijoka

Anónimo disse...

O tempo não se gasta, perde-se.

"Tu nao sabes
Quantos rios se vao deter,
Quantos olhos vao beber
Nas palavras que colaste
Junto ao peito"

Beijinhos...

Patrícia

Pescador disse...

Aran: Beijocas pa ti também e uma óptima semana ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Lua: Olá doce Lua...espero que tenhas recebido o mail ;-) !!
...
Palavras... adoro esta música do Pedro !!
Espero que estejas brilhante ;-)
... e que tenhas e uma óptima semana e toda a sorte do mundo para os exames ;-) !!
Beijocas doces ;-) !!
Pescador

Miss 15 disse...

Tema recorrente em ti, este...É mais fácil idealizar alguma coisa do que enfrentar a realidade. Ou será o contrário? Era «tão mais fácil» se o esquecimento viesse quando nos fosse conveniente, não é? Bjo

Pandora disse...

realmente é tão mais fácil viver em quarteirões fichados que ao mesmo tempo que nos aterrorizam não nos deixam querer demais...
Querer já por si pode ser um problema! mas deixar de querer apesar de aparentemente mais fácil é de tal forma vicioso que nos gasta...
Eu sei a que te referes... tao mais fácil julgar que não, acrecentar uns defeitos, olhar para o lado e duvidar, seguir em frente sem experimentar...
Mais fácil, mas sem d´vida menos saboroso...
Eu quero voltar a acreditar e aposto que tu também :)
um beijinho carinhoso

Josephenni disse...

Grande Pescador!
Eu queria dizer exatamente isso, mas me faltaram palavras de poeta
A palavra que se cala faz doer,
mas dizê-las já nao sei.
Hoje gostaria do um barco ...e desaparecer no Atlântico, me esconder do mundo pra tentar me encontrar.
Bejin

Jacinta disse...

É tão mais fácil quando a alma cheia nos oferece momentos de inspiração que nos engrandecem e nos fazem sonhar...

Parabéns Pescador. Gostei mesmo deste blog - voltarei a passar por cá.

mar disse...

Faz já mt tempo que aqui não vinha.....
E hj fiquei deliciada com o que li, é um poema lindo, mas triste.. E q se sente ser verdadeiro, vir de dentro de ti.. :(
beijinhos amigo pescador

Palavras em Mim disse...

Quantas vezes gostaria de pôr as mágoas num barquinho ao sabor da maré. . .e esquecer tudo quando me apetecer!
Gostei muito.

Beijos

ass: Palavras

Ana Luar disse...

Era tão mais fácil não tomar conhecimento de palavras que nos tornam dificeis... Era tão mais fácil!!!

Pescador disse...

Miss: Não sei bem se este tema é ou não recorrente em mim, para dizer a verdade, o post tem algo da minha sombra como é normal, mas hoje tem talvez menos do que à uns anos atrás, na verdade este quadro foi inspirado em pessoas, algumas reais, outras virtuais, mas todas elas vivas !!
Por vezes mergulho na(s) tua/vossas interpretações, e por vezes encontro algo com o qual me indentifico..., é como se tu/voçês encontrassem significados naquilo que escrevo para os quais me sentia cego !!
...
Desculpa discordar, mas não acho o esquecimento seja minimamente conveniente, prefiro ter memória quer das coisas boas, quer das coisas más... prefiro lembrar a esquecer !!
Depois continuo esta conversa
;-) !!
Bjs doces
Pescador

Pescador disse...

Pandora: Eu acredito que existe... o que já não acredito é que eu o possa encontrar...
sinto o mundo cada vez vazio.
Corremos sem parar, não apreciamos nada, somos egoistas, não aceitamos sacrificios...
não corremos o risco por medo da dor e do sofrer que podem advir de uma acção...,
mas contentamo-nos com eles por omissão!!
Por vezes sinto-me cansado das pessoas... ultimamente ando assim, um pouco cinzento, preciso de fugir para o mar, já sinto falta da praia e do mar.
Quando fico muito tempo sem sentir o perfume do mar..., fico assim, em tons de cinzento... mas para ti fica por aqui a sorrir ;-) pa ti !!
Jinhos doces e meigos !!
Pescador

Pescador disse...

Olá doce Josephenni ;-) !! Hum, que palavras cinzentas as tuas... !!
Toma o leme desta barca e leva-a ...
cruza esse oceano onde te desejas encontrar...
e encontra-te e sorri, com esse teu sorriso lindo !!
Bjs doces minha querida e votos de uma semana de céu azul e brisa serena....
para facilitar a navegação ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Jacinta: Obrigado pela gentileza das tuas palavras... e muito bem vinda sejas a esta barca de palavras, sons e imagens... e partilha, essencialmente partilha.
Volta sempre e muitas vezes e traz sempre palavras contigo ;-) !!
Jinhos doces
Pescador

Pescador disse...

Mar: Hum, que saudades, e também eu faço mea culpa...
não tenho visitado quase ninguém... :-(
tenho que visitar novamente o teu cantinho, então desde que o renovaste ficou lindooooooo !!
Bjs doces para ti doce mar e obrigado pela visita, pela doçura, pelas palavras ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Palavra: Se quiseres que te empreste esta barca, avisa ;-) !!
Talvez esquecer não seja a solução, acho que devemos manter sempre a memória, quer das coisas más, quer das coisas boas... pode ser uma ajuda quando olhamos em frente !!
Jinhos doces para ti doce palavra.
Pescador

Pescador disse...

Ana Luar: Achas !?! talvez tenhas razão... não sei se percebi, mas talvez tenhas razão !!
Já fui dar uma volta em silêncio pelos teus blogs... achei a ideia do plágio genial, para dizer a verdade me tempos pensei em algo similar, mas não aconteceu !!
E gostei do analuar, mais intimista, ... gostei ;-) muito !!
Jinhos doces pa ti doce luar !!
Pescador

Salto Angel disse...

Gostei de ler...

Continua ;-)

Abraço.

maresia disse...

Olá pescador!!
Quem disse que era fácil...
Nada é fácil...
Tem que se renunciar a tanta coisa, para ter aquilo que quer, ou renunciar o q se quer, para o deixar ser feliz...
Desculpa, hoje nao estou inspirada...
Beijinhos

Mary wants a little Lamb disse...

Mudei para aqui, lindo. Não queiras esquecer assim. Aceita e continua o teu caminho.
Beijos com doce de framboesa

Cristina disse...

Seria bem mais fácil se tudo fosse fácil como gostaríamos que fosse...
Aprendi que é precisamente nas dificuldades que crescemos... Que ganhamos 'estofo' para lidar com a vida, que teima em não ser fácil...
Espero que encontres ao teu redor - nos amigos, no mar que tanto amas, nas pessoas cinzentas e, essencialmente em Deus, a FORÇA necessária para viveres intensamente TODOS os teus dias...
É mais fácil assim...
Bjs.

Anónimo disse...

Pescador,

Obrigada... por teres acompanhado o meu blog.
Foi uma experiência...positiva.
Na escrita...e na terapia que a escrita tem.
Se algum dia fizer um novo... dar-te-ei o endereço.

Beijinhos
Catarina

Pescador disse...

Salto Angel: Ainda bem que gostaste e obrigado pelo o incentivo !! Espero voltar a ver-te por aqui !!
Abraços
Pescador

Pescador disse...

Estrela: Hum, estou a ver que hoje andas um pouco down... mas as tuas palavras tocam-me ... muito

" ou renunciar o q se quer, para o deixar ser feliz..."

jinhos doces e um óptimo feriado
;-) !!

Pescador

Pescador disse...

Mary: Olá miuda !!
Quanto tempo.. e que saudades !! Hum, então queres ser normal !?!? Sabes, acho que tu és uma pessoa lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa assim como tu és... diferente de tudo e de todos !!
Jinhos mil vezes doces e completamente azuis nesse teu rosto lindo !!
Pescador

Pescador disse...

Cristina: Neste post a alternativa não é necessáriamente a mais fácil, por vezes até é mais dolorosa !!
Nme sequer falo aqui de acminhos mais fáceis... apenas falo de caminhos !!
Neste post a alternativa é apenas e somente um "É(ra)"...
Jinhos doces para ti Cristina !!
Pescador

Pescador disse...

Catarina: Sabes, espero sinceramente que durante esta pausa, eu possa continuar a ter o prazer das tuas visitas e das marcas que possas deixar por esta barca... a sério que espero !!
Um bj suavemente doce na tua face e um até já !!
Pescador

A. disse...

(É mais fácil cumprir certos deveres,que buscar razões para justificar-nos de o não ter feito.
É mais fácil inculcar boas doutrinas que instruir com bons exemplos.
É mais fácil maldizer dos homens do que instruí-los e melhorá-los.
É mais seguro escrever do que falar;falando improvisamos,para escrever refletimos.
É mais útil algumas vezes a extirpação de um erro,que a descoberta de muitas verdades.

Marquês de Maricá)

Meu doce pescador...seria tão mais fácil não ter de pensar tanto...poder deixar esquecer.É mais fácil perdoar os danos do nosso interesse que os agravos do nosso amor-próprio.

Esta lindíssimo o teu espaço
...tens todo o meu abraço pra que tudo possa um dia ser mais fácil.
para ti,para mim.
mt querido homem.

Ni disse...

Era tão mais fácil desviar o olhar da palavra calada, inventando 'ruídos', na vã tentativa de reduzir a falta de ti a nada...
Esquecer a carícia adiada... eufemismo de 'negada'.
Era tão mais fácil rimar amor com flor, inventar afectos, apagar os traços profundos... que te transportaram para ausentes mundos.
Era tão fácil ser poeta fingidor...
cantar mares, marés... como se de outros chorassem os revés... e assim camuflar a própria dor.
Era tão fácil nada escrever...
Era tão fácil nas sombras do silêncio a minha essência esconder...
...
Mas assumo... na nudez de quem sente e olha o mar de frente: sou mulher... que ainda que nunca à tua ilha chegue... é esse o rumo que segue... é essa viagem que quer...

Porque é na nossa verdade que encontramos as respostas para todas as perguntas que forram o coração.

Sabias que por cada adeus magoado, se acende um farol no peito... de quem nas lágriams retidas se sente naufragado?
Sabias...


Abraço de vento...
(Hoje, com sabor a sal.)

Ni*

Pandora disse...

Querido Pescador:
Claro que o podes encontrar. A vantagem de não existirem regras é exactamente essa...
Todos o podemos encontar, todos (eventualmente) o poderemos manter em nós, todos (provavelmente) o voltaremos a perder...
É a lei da vida.
Eu não sei se andas cinzento, sei que andas fugido e imaginava que não pelos melhores motivos, mas a tua barca está deliciosamente clara e colorida...
Linda, linda :)
Desiludidos com as pessoas andamos todos os que alguma vez já fomos apaixonados por elas...
Por isso nos maravilhaos com aquelas que ainda sabem a alguma coisa :)
De facto uma visita ao mar tem o poder de suavizar a tristeza. Espero que a faças em breve.
Um sorriso também para ti e uma bjoca divertida para colorir o teu dia...

Pescador disse...

Askim: Obrigado doce bailarina !!
Pelas palavras que me tocam,
pelos os elogios que me fazem corar,
pela sensibilidade que me supreende,
pela partilha que me faz sorrir ....
obrigado doce borboleta !!
ah, e obrigado pelo abraço... sinto-o !!

Jinhos doces
Pescador

Pescador disse...

meNINA: Olá doceeeeeeeeee meNINA !! Espero que as lágrimas já tenham secado... sei que virão outras, mas elas acabam todas por secar quando chegam perto do teu peito e sentem o calor do teu coração !!
...
Sabes uma coisa menina...
aqui... que deixas palavras, falas de coragem, falas de ti guerreira !!
aqui... que falas de desejos e vontades !!
aqui... que falas com a voz do vento e a doçura do mel, sem rancor, sem maldade !!
aqui...
é aqui que eu te sinto... no meio do mar, por entre marés e ondas, tu, meNINA feita mulher, ou mulher que nunca deixou a meNINA morrer !!
...
Sabes, gosto de ti doce personagem, "ser-mulher", por seres tão verdadeira e pura... pelo amor que guardas em ti, pela capacidade de entrega, pela delicadeza de quem é decidida..., pela força, por seres assim, como és !!
...
Sabes uma coisa menina, espero que encontres esse caminho maritimo para a ilha de que falas, que encontres personagens mágicas pelo caminho, e que as gaivotas estejam sempre por perto, como guardiãs de menina doce e tão bela que és !!
...
Sabes uma coisa Ni,já me ensinaste tanto minha querida..., contigo já aprendi tanto...
...
Obrigado por aquilo que me dás... e pelo teu abraço, sempre suave e delicado, mesmo quando tem o sabor do sal !!
;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Minha doce Pandora !!
Antes de tudo, gostaria de te dizer que tem sido complicado visitar o teu blog ultimamente, dá sempre mensagem de servidor não encontrado ou qualquer coisa do género !!
Já pensaste em experimentar o Blogspot !?!?
Nem eu sei se ando cinzento !! Precisava de tempo, tempo para ir para praia, tempo para fazer exercicio e correr junto da baia ... tempo para apanhar sol !! Sinto-me enferrugado, fisicamente enferrugado, parado, sedentário !! E depois olho para o relógio e não tenho tempo..., sempre a correr, sempre com coisas para fazer . Grrrrrr !!
Que raiva !!
E o facto de eu ser um péssimo gestor do tempo também não ajuda !!
Ando como o tempo, meio encoberto, meio descoberto, algum sol, alguma chuva, muito calor, um vento desegradável e frio quando chega a noite !!
Desiludido !?!?
Não, acho que já me vacinei contra essa doença !!
As pessoas, individualmente falando, dificilmente me conseguem desiludir... já não crio expectativas.
Em relação ao conceito de ser humano !?! ... bem, acho que o jornal das 20 diz tudo... !!
Acho que a mudança no blog, está um pouco relacionada com essa necessidade, de vez em quando, de um abanão ...
... como já disse aqui a alguem, acho que os blogs são como as relações, não podem cair na rotina, se não morrem ... !!
Jinhos doces para ti linda... espero que estejas bem, e definitivamente vou ter que resolver o problema da caixa de correio electrónico !!
Pescador
PS: Continuo sem conseguir visitar o teu blog :-( !!