domingo, junho 18, 2006

Trilogia: Contrastes...

.

.
tudo aqui é
.
.
e deixa de ser
.

.
é o sorriso de um olhar
.

.
é a violência de um rosto
.
.
são as crianças que pintei
e os adultos que apaguei
.

.
é a cor pintada
que não consegue pintar
o preto e branco
é a musica que não combina com a letra
e a voz com o ritmo
.

.

é alma que sente
e a mão que escreve

.

.
é o sorriso que devora
e a lágrima que seca
.
.
é pedir
.


.
e não ter ....
.


.
são contrastes
.
entre aquilo que eles são...
.
.
.
... e aquilo que
os deixam ser
.
.
NOTA
Não era para ser este o post, mas hoje vi algo que me fez reinventar aquilo que eu queria aqui pintar.
Sobrou apenas o titulo...

16 comentários:

Pandora disse...

A "paisagem" de hoje marca mesmo por isso... Por ser uma imagem que nos cruza o olhar, como se o vissemos ali na rua e nos deixássemos ficar a pensar. quanto vezes isso nos acontece ao passar pela rua, n é?
Nunca conseguiremos suportar em nós com facilidade o peso de nos aperceber das vidas dos outros... Mas acredito que é isso que levaremos como mais precioso na nossa memória. Beijinho

pequena espiral disse...

Os olhares que nos atravessam, que nos revolvem por dentro, instalam-se no sorriso da nossa alma... nas nossas lágrimas tantas vezes. Somos trespassados por olhares soltos e desconexos das histórias que carregam.
São pinceladas de cada um de nós...
Sonhos felizes

maresia disse...

Olá pescador!!
contrastes, alegria contra tristeza, amor contra odio, dois contrastes tao fortes e que preenchem o mundo...
é fácil dizer que queremos ver todas as pessoas felizes...
mas por vezes nao fazemos por isso...
temos tudo para ser felizes, mas nao lutamos para isso...
q semanas as minhas...
ando uma seca...desculpa
Beijinhos

Ruby Sackville-Baggins disse...

Olá Pescador :)
Gostaria de te poder dizer que realmente sou uma personagem do Senhor dos Anéis. Talvez para lá caminhe, talvez ^_^
Quanto ao significado do nome, anda lá perto, mas fica ainda escondido :)
O teu barco hoje está muito alegre, com todos esses olhares a encherem-no. Nunca terás o teu barco tão repleto de sonhos e fantasia como hoje :)

Até uma próxima brisa :)

Sophie disse...

A Guerra e o Ódio, foram palavras inventadas pelo homem, quando descobriram que o Amor os enfraquecia! Tiveram medo de ser submetidos, medo de ser humanos!
A Guerra que os combate chama-se MEDO! Tiveram medo de Amar, tiveram medo de perder tempo com o Amor...
Medo, Medo, Medo, Tiveram MEDO DO MEDO!
Um Beijo enorme para ti.
Sophie

Isa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Isa disse...

talvez existam pro tão chamao equilíbrio (apesar de não ser tão bonito uma da partes)
beijos doce pra ti
;**

Menina_marota disse...

Os contrastes, que infelizmente irão permanecer durante muito tempo na nossa sociedade...
Contrastes... de imagens, de olhares, de sorrisos, de tudo aquilo que é e não é permitido uma criança sentir... fome, desilusão, abandono, violação, niséria, desprezo... contraste com sorrisos, brinquedos... ilusão... fartura...

... que mais dizer? Este é o Mundo onde caminhamos... TODOS nós...

Um abraço e grata por esta reflexão.

Pescador disse...

Pandora: Gostei da forma como comentaste este post, talvez aqui a uns dias terias dito palavras diferentes, terias sentido
de forma diferente...mas gostei desse mergulhar na vida dos outros e emergir com memórias agarradas à pele !!
Mas sabes o que gostei mais !?!? Saber-te feliz !!!
Adorei :-)!!!
Jinhos doces minha doce Pandora e que o sol continue a brilhar ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Pequena Espiral: E a frustação, e a impotência de nada poder fazer... esse trespassar a alma de que falas... por vezes dói.. dói tanto... mas depois voltamos a nossa condição de ser humanos. Nada podemos, nada fazemos, nada queremos fazer...
Desculpa o cinzento nas minhas palavras..., mas o sofrimento das crianças revolta-me... !!
E desculpa outra coisa, acho que ainda não te dei as boas vindas a esta Barca... espero que voltes muitas vezes e sempre com palavras ;-) !!
Jinhos doces e sonhos felizes para ti também !!
Pescador

Pescador disse...

Star: Acho que posso usar parte do meu comentário anterior para comentar o teu...
"mas depois voltamos a nossa condição de ser humanos. Nada podemos, nada fazemos, nada queremos fazer...
Desculpa o cinzento nas minhas palavras..., mas o sofrimento das crianças revolta-me... !!"
Andas uma seca !?!?
Não acho... mas o que é que se passa !?!?
Espero que não seja nada de grave e já estejas mais "molhada" ...
;-) ...
Jinhos muito docesssssss
Pescador

Pescador disse...

Ruby: Hum, uma personagem do senhor dos Aneis ;-) !!
Adorei essa trilogia !!
Acho que os teus olhos olharam (desculpa a redondância ) com demasiada doçura para este post !!
Acho que não é assim tão alegre... embora um dos contrastes seja a alegria... em contraste com a tristeza !!
Jinhos doces ....
Pescador

Pescador disse...

Sophie: Se calhar tens razão doce Sophie...
talvez sejamos seres de medo, cobardes...
É paradoxal não é...,
capazes do mais doçe e sincero sentimento...
e da mais cruel e repgunante atitude !!
Já te fui visitar, mas não cheguei a dar-te as boas vindas..., sabes é uma espécie de tradição !!
Por isso muito bem vinda sejas minha querida, a este mar, a esta barca, este canto ...volta sempre ;-) !!
Beijo doce e sem medo ;-) !!!
Pescador

Pescador disse...

Isa: :-/ ??

Pescador disse...

Isa: Engraçado... nunca reparei nas coisas sob essa perspectiva do equilibrio !!!!
Jinhos doces Isa ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Menina_Marota: Olá menina marota !! Já algum tempo que não te via... talvez tanto quanto aquele tempo que ficaste sem me ver... mea culpa :-( !!
E será que tem que ser assim, será que o contraste existe obrigatórimente entre os opostos...
entre a fome e a fartura, entre o ter e o não ter, entre a companhia e o abandono !!!
Mas tens razão, é este o mundo por onde vamos... um mundo que fazemos, que fizemos, que iremos fazer... este post foi inspirado numa ida a um qualquer sitio, onde vi duas crianças, uma com tanto e outro com tão pouco...e era isso o que os seus olhos diziam !!
Jinhos doces
Pescador