sexta-feira, setembro 29, 2006

Putos ...

*

*

*

São paredes sujas com a revolta
Sem querer elas guardam palavras
Mas se a tinta que tu usas vira sangue
Aonde irão os putos buscar asas !?!

*
*
*
*
*
E aquilo que arde na mão e que não é teu
Achado num desejo e pago com o meu suor
São os abraços que a grade já te deu
E os putos que nela encontram a dor
*
*
*
*
*
*

E as cicatrizes que os putos exibem
São linhas do destino cozidas pela dor
Nas ruas aonde os putos as dividem
Como se a marca de uma camisola
lhes podesse dar amor
*
*
*
*
*
*
*
São putos vazios sem destino
que perdidos vão juntos sem rumo
num caminho por onde se vai sozinho
os putos vão...
procurando o seu lugar no mundo
*
*
*

21 comentários:

Aran disse...

É como se alguém lhes tivesse dito "não é te permitido, nem tens o direito de querer alguma coisa... apenas o desejar... e mesmo assim já é muito..." e pelos "sonhos roubados"... e sob única via que lhes "ensinaram" para os "rever"... "aprenderam" a matar... "Dente por dente... olho por olho"...
E infelizmente cada vez vão-se constroindo mais "estradas da amargura"... e cada vez... os ricos vão ficando mais ricos, e os pobres mais pobres... rrssss...

Anónimo disse...

Tomamos então o café,sorri...mas entretanto delicias-me com maravilhas assim,sempre,cada vez mais e mais...encantas-me!!!como pescas!
As imagens!!!as imagens que escolhes são um espanto,a primeira é esmagadora,tem tudo,um nó cá dentro,não sei dizer!
Esta invulgar capacidade que tens de sugar o âmago das palavras,pintar-lhe cores,inventar sentidos no tamanho e na cor das ideias,és genial,acredita,é absolutamente justo que to diga!
E agora de tudo o que sinto...pois,o difícil é escolher o que pode ser útil partilhar com tanta gente que te lê...temos que tomar o café,claro,sorri.
Estes caminhos,estes putos,estes homens,a história que fazemos e se faz,agora...é onde ocupo o meu olhar,a minha intervenção escassa mas inteira,leio,penso e sinto...
O lado não visível das gentes que são o dia a dia da cidadania sem estatuto e sem papel,muita gente,talvez gente demais,cada vez mais pobres,cada vez mais entregues a uma coisa que chamam sorte,os outros que muitas vezes lha escolhem...
A violência é um fenómeno que se esconde e não se estuda,arranjam-se verdades que se constroem,chamam-lhe toxicodependência,comportamentos desviantes ,marginalidade/s e nomes pomposos,são gente!!têm histórias de terror nos olhos e na alma e alguns são verdadeiros heróis da resistência humana,sobreviventes!!!São homens de tudo,como nós,de tudo,com "sortes"diferentes...
Os putos são a minha perdição,não vou explicar...mas vale a pena,sempre,acreditar!
A liberdade,a minha, passa por esta aposta social,comprometida,sempre!
Um beijo enorme para ti és...o pescador mais doce,eu acho!sorri,o meu preferido,claro!
Que bom ler-te!
M

Anónimo disse...

Se me é permitido gostava de partilhar com vocês a história do meu "puto". Tem 7 anos e tem sindrome de Down (trissomia 21) e foi este ano para a escola primária (escola normal). Fomos confrontados com a seguinte situação o "puto" vai ter um professor de apoio durante uma hora por dia e o resto do tempo vai ficar com uma auxiliar da escola, não pode frequentar as aulas porque disturba a classe....
Por vezes é a própria sociedade que marginaliza estes "putos", somos nós, é o nosso vizinho, é o nosso amigo...Vamos reflectir sobre estes "putos" e tentar que estas injustiças não aconteçam ao nosso lado.
Pescador como sempre parábens por este texto magnifico, a música encaixa 100%.Beijoca
Naninha

Jacinta disse...

Que cada puto encontro neste mundo o seu rumo, e que esse rumo seja em direcção ao bem-estar, à qualidade de vida, à sociedade, ao acolhimento,à aceitação, à entre-ajuda... Que cada puto possa construir dentro de si um Homem e que cada homem já construído seja capaz de estender a mão a estes putos.Parabéns pelo post e por todo o blog.

BlueShell disse...

impressionante e terrível....

bshell

A. disse...

...doloroso este teu post N.
São crianças apenas...
olho para os meus sobrinhos
e abraço-os com força.
Penso na sorte que tiveram em nascer perto de nós...e assusta pensar qual será o futuro que os espera.

É tudo tão cruel...tudo tão sem braços para amparar tanta falta de amor.Pobres meninos estes nossos que por aqui deixas N.

Um beijo meu querido Pescador.







...e bom café
;)

Iruvienne disse...

e a esses "putos"... quem restituirá o destino k lhes foi roubado ainda mesmo antes de eles saberem o que era o destino? e a esses "putos" ... quem explicará que existe um outro lado do mundo? ...

dói. e o sentimento de incapacidade acentua-se, junto com a vergonha que procura tentar perceber o porquê da incapacidade.

todos temos direito a um futuro...


desabafo.
*****

A. disse...

...i wish.





um sorriso cheio de carinho.meu.

Hrrada disse...

São o espelho do nosso mundo...
Cada vez mais...
Cada vez pior...


Gosto da maneira como nos abanas para a realidade!

Bisous*

Pescador disse...

Antes mesmo de comentar os vossos comentários, gostaria de deixar aqui expresso uma opinião do qual sou acérrimo defensor...
posso dizer que é um aparte !!
Quer sejam putos, ou adultos, a violência gratuita é para injustificável...
não existem condições humanas, familias disfuncionais, agruras da vida... que justifiquem
a violência gratuita...é uma opção, uma simples opção...
Será uma doença ( ai será justificável !?!? ) !?!?
Para mim, uma coisa é roubar por ter fome, roubar um objecto
( atenção que eu não estou a justificar o roubo, longe de mim
tentar justificar o injustificável ), etc...
outra coisa é roubar e agredir, e deixar claro perante a sociedade que o motivo do acto não é o roubo, mas a simples agressão... o simples prazer de agredir.
Este é um fenómeno que me assusta ...
Talvez esteja a ser simplista... não sei... !!
...
Beijos e Abraços
Pescador

Pescador disse...

Aran: Os putos de hoje são os homens da amanhã... e fosso que se cava entre quem tudo
tem e quem nada consegue ter está a alargar-se !! Até quando !?!?
Não sei..., não sei... !!!
Beijos doces para ti Aran !!
Pescador

Pescador disse...

Ok, fica combinado !! Embora não sei se tu és aquela a quem eu devo um café, mas também não interessa...ficas a ser ;-) !!
Sabes que deixaste um pouco corado..., a sério... as tuas palavras são demasiado gentis
... demasiado ambiciosas.. logo para alguém como eu, que no fundo é tão pouco ambicioso !!
A sério..., fiquei meio envergonhado !!
Mas contente... por sentires que aqui existe sempre um todo, no qual as letras, as palavras, as imagens, os sons... se misturam para traduzir algo...,
uma ideia...
um quadro !!!
Fazes-me sorrir...
e deixas-me curioso...
e um pouco assustado... não, por não saber quem tu és, mas sim por saber que tu podes ser...
e dai talvez me engane...
mais uma e uma vez ;-) !!!
Em relação ao teu comentário..., concordo em absoluto...
embora sublinhe o que já deixei por aqui escrito... existe muita violência gratuita...
muita vontade de apenas agredir... de fazer sofrer... um prazer sádico !!
Por exemplo, aquelas noticias de assaltos em que não satisfeitos com o roubo, os assaltantes
agridem gratuitamente pessoas que nada fazem para os provocar !!
Triste e injustificável...
...
Fazes trabalho de voluntariado !?!?
Pelo menos pelas tuas palavras fico com essa impressão....
...
Um beijo doce para ti...
e um sorriso, especialmente desenhado para uma "estranha" tão doce e próxima ;-) ... !!
Pescador

Pescador disse...

Naninha: Obrigado pela partilha Naninha..., e fico triste... por uma escola, que deve
ser um local de partilha de saberes e experiências, tornar-se num local de descriminação
e segregação...
Um bj doce para ti um abraço sentido e forte para o teu Puto...
Pescador

Pescador disse...

Jacinta: E como deve ser dura a tua profissão, Jacinta... porque de certa forma eles são "barro" nas vossas mãos... e "moldá-los" ou "permitir" que eles se moldem de uma forma construtiva e sábia, é sem dúvida uma tarefa dantesca para os Professores !!
Beijocas doces e obrigado pela visita ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Conchazul: Doloroso e triste...
Uma beijoca muitoooooooooooooooooo doce para ti Concha !!
Espero que estejas bem !!!
Pescador

Pescador disse...

A.: Sem sentido..., bons selvagens, num mundo de selvagaria...
...
Abraça-os minha doce Ana ... com força !! Pois eles, como tu, como eu... foram e são sortudos...
É um mundo cada vez mais vazio... onde corremos, de um lado para o outro..., corremos.... e
corremos, corremos..., de tal forma que nos esquecemos de viver...
desculpa, divaguei um pouco !!
Beijocas doces para ti minha doce borboleta !!
Pescador

Pescador disse...

Iruvienne: Um desabafo sentido e que ecoou por este cantinho !!
A nossa incapacidade enquanto espécie... é algo que me supreende...
mas como alguém disse somos capazes do mais belo... e do mais cruel !!
Porquê o fosso !!??
Porquê a incapacidade de fazer, de reagir, de agir...
:-( !!
Sabes, o futuro deste planeta, assusta-me ....
...
Beijocas doces
Pescador

PS: Acho que ainda não te disse, mas tens um nome bonito, sabias !!

Pescador disse...

A.: Desejo...
ai está uma palavra tão bela
;-) !!
Beijocas
Pescador

Pescador disse...

Hrrada: Hum, que saudades minha doce Hrrada... saudades de ti e das tuas palavras...
tenho que te visitar...
mea culpa :-( !!
Já tinha saudades dos teus muaa e dos teus Bisous* ;-) !!
É bom voltar-te a encontrar-te... é bom receber-te por aqui !!
Beijocas doces, muitassssssssssss
Pescador

Pandora disse...

Olá :) vim só deixar um beijinho... muito grande...
Os putos ( não é um termo que use), mas as crianças são um tema de tal forma alargado que é sempre agradável encontrar. Crianças violentas e discriminadas passam-me pelas mãos todos os dias. crianças que até aqui ficavam do lado de fora da sala de aula e que agora já estão lá dentro. Não é uma luta fácil, nem justa. A maioria das vezes tenho a sensação que me desgasto em vão. Mas sei que não é assim... Um beijo para todos aqueles que lutam para que as crianças tenham o seu espaço, a sua oportunidade de conhecer a bondade para mais tarde terem a possibilidade de escolher. Adultos violentos irão sempre existir, mas mais se não lhes dermos espeço para serem gente quando ainda não decidiram exactamente o que querem ser.. Um beijo enorme! espero que estejas bem :)

Pescador disse...

Pandora: Que saudadessssssss..., é bom ver-te por aqui outra vez minha doce Pandora !!
Sei que estás feliz !!
Ainda bem... tu mereces...;-) !!
E parabéns por essa luta que desenvolves em prol de algo tão importante como as crianças !!
Continua minha querida ;-) !!
Beijocas docessssssssssssssss
Pescador