quinta-feira, setembro 07, 2006

O Quadro...

*

*
*
São lágrimas de uma pastora
a chover na terra
É uma sombra
numa pintura de Millet a chorar
São pétalas de uma rosa
numa jarra perdida
Chorando por uma dor esquecida,
com as lágrimas
de uma flor a chorar
*
São estradas paradas,
entre ruas para correr
São caminhos cruzados,
e um pé para andar
É um sorriso desalegre…,
de quem se quis esquecer
sabendo o que se dizia
sem saber o como sonhar
*
Era uma voz suave
num rebanho a gritar
E alguém sentado
numa planicie a ouvir
A voz de quem andou
por ali a pregar
A voz de quem andou
por ali a rir
*
E sob a luz de uma tela
a escuridão d’um poema
E na letra de um som,
um espirito retratado
Que fala de um vazio,
preso a uma pena
Onde um olhar esconde,
o desejo de ser encontrado
*
*
*
Se existe um quadro que me fascina é este
"Shepherdess with her Flock"
de Jean Francois Millet
*
*
*
Porquê ???
Não sei...

16 comentários:

A. disse...

...então lê o que escreveste N.
e vais entender a razão.



"São estradas paradas,
entre ruas para correr
São caminhos cruzados,
e"...os nossos pés para andar.





Hoje descobri este teu quadro
pintado com o cheiro a terra molhada.De uma beleza que doi.





E escreves assim...
exactamente com a mesma
beleza...com a mesma dor.


Saudades N.
olha as minhas Horas...
loucura.a minha.

Abraço meu.
Doce N.

~~~~ m a r ~~~~ disse...

Pescador de palavras,comque ondulas nos sonhos e navegas no imenso mar da poesia...
Tua sensibilidade é comovente e nos leva mergulhados na maresia das tuas águas de emoção.
Nunca deixes de sonhar,de te emocionar,de pescar nas águas dos sentimentos ,para nos mitigares a fome e a sede,alimentando-nos a alma com a fauna das tuas redes.
Um beijo de admiração

...com que...

A. disse...

...beijos.

redactores disse...

Hoje, o "Não li nem quero ler" tem o prazer de destacar Rita Ferro e Margarida Rebelo Pinto.

http://naolinemqueroler.blogspot.com/

A. disse...

Too beautiful for words...e um sorriso doce.







Obrigada meu querido N.

Iruvienne disse...

Porque tal como numa musica a mais bela melodia pode estar escondida atrás de um simples acorde, também num quadro o traço que nos capte o interesse pode estar escondido entre a mais complexa tecnica empregue. E aí ficamos sem saber o que realemnte nos atrai, apenas sabemos que lá há alguma coisa que nos diz algo importante....
mas pronto é só uma opinião provavelemnte estranha, lol..

bjs =)

Célia disse...

Olá Pescador,

A combinação do quadro com o poema é duma profunda tristeza. É a escuridão do céu, a expressão corporal da pastora e das próprias ovelhas, todas de cabeça para baixo. Dá a ideia que ali todos os figurantes estão a cumprir um destino ou uma pena que não concordam, mas à qual se sujeitam.
Acho que é o que dizes no post, sobre estar preso a uma pena mas que o olhar esconde o desejo de ser encontrado.
Há sempre o desejo secreto de liberdade, de não estar preso a uma fatalidade, seja ela de que espécie for.
Apesar de triste, o post é lindo, porque também há beleza na tristeza.
Beijo pescador.

Musician disse...

Ler este post, observando o quadro e ouvindo esta música deu-me uma sensação tão tranquila...um sentimento tão meu!
O quadro é de uma ternura imensa, adorei o olhar "perdido" da pastora! E o poema, apesar de triste, cheio de verdade e sentimentos.

Gostei muito querido Pescador.
Deixo-te um beijinho enorme e cheio de amizade.

Pescador disse...

Askin: Mais uma vez delicio-me com o teu nome... adoro o seu perfume oriental...
a sua forma simples, a sua fonética forte e decidida...
OK, acho que estou apaixonado pelo teu nome A. ;-) !!
...
Tenho um fascinio por este quadro... existe algo nele que me prende o olhar,
algo que não consigo explicar... talvez ... ou então..., não sei !!
...
Por vezes a dor não é a minha... apenas faço-a minha quando a "pinto"
Saudades... tantas....
...
Dorme anjo... schiuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Beijinhos doces ....
Pescador

Pescador disse...

~~~~~mar~~~~~: Amei o retrato do teu mar... as ondas que o abraçam...;-) !!
Olá mar !! Bem vinda sejas a este mar ... espero que voltes muitas e muitas vezes !!
Fiquei meio envergonhado com as tuas palavras... porque elas transcendem em muito aquilo que este pobre pescador consegue pescar !!
No entanto elas tocaram-me, pelo
carinho, pela gentileza... pela beleza da sua forma e a riqueza do seu conteudo...
mas acredita que eu sou mais pequeno... pequenino até ao pé das tuas palavras !!
Beijos doces e de igual admiração...
;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Askim: ;-) ... vou guardar o perfume do teu beijo dentro de um bau que guardo aqui, na barca ;-) !!
Jinhossssss
Pescador

Pescador disse...

Redactores: Obrigado pela dica e pelo link !!
Abraços !!
Pescador

Pescador disse...

Askim: De nada minha doce mulher-bailarina !!
Beijos, sempre doces... sempre do coração ;-) !!
Pescador

Pescador disse...

Iruvienne: Estranha !?!? Se queres que te diga, nada tem de estranha esta tua opinião.
De facto ela retrata bem aquilo que eu sinto... por vezes apenas sabemos, sentimos...
mesmo quando não percebemos !!
Beijocas doces
Pescador

Pescador disse...

Célia: Olá menina da Ilha ;-) !! Acho que estou a olhar para este quadro com outros olhos, os teus, os vossos...
e nele encontro aquilo para onde tu/vós me levas(am)!!
Por vezes "pinto/escrevo" por instinto... as palavras nascem desconexadas, sem sentido "despegadas" umas das outras!!
e depois como por magia... ele lá está !!
Adorei o mail da imagens... simplesmente fabuloso...
Beijocas doces minha querida Célia !!
Pescador

Pescador disse...

Musician: E sabes uma coisa doce Ana... tu tens o mesmo efeito nas pessoas...
tu tens o mesmo efeito em mim... tu transmites uma sensação de paz, de tranquilidade
, sereno...
Gosto de ti menina da música ;-) !!
Beijocas mil vezes docesssssssssss
Pescador