segunda-feira, abril 30, 2007

Eu = Ri + mar











É um erro acreditar
que tudo vai mudar
quando se fica a ver
que ninguém quer saber
se tu és gente
ou ser demente
que mente repetidamente
na pouca vontade
que se tem
em voltar a repetir















Mas repetes
prosas e poesias
alegrias e contradições
emoções delicadas
em páginas arrumadas
nos livros escondidos
por entre sentidos precisos
de pensamentos certeiros
que escondem os policias sinaleiros
da vontade constrangida
de quem escreve poesia
e acerta na alegria
de quem diz uma mentira
e acredita que é verdade
essa saudade que se tem
em dizer a ninguém
que eu também
... um dia fui alguém










Alguém
que escreve sem sentido
preciso ou incorrecto
perfeito ou pouco certo
válido ou funesto
e no entanto,
o deveras e o portanto,
quando se quer dizer
o que se pensa ter
numa palavra reduzida
a uma silaba despida
sem sentido ou outra via
que não seja a ida
daquele que encontra
o que não precisa
na palavra vazia
que tu aqui
ainda agora
... ficaste a ler


(...)


Acho que este poema termina
como aqui ele começou
sem sentido mas alguma rima
num pouco daquilo
que aqui eu sei que sou


NOTA: Apesar da nostalgia e da melancolia que por
aqui as palavras por vezes acentuam... eu sou essencialmente
isto ... soRIsso e MAR

NOTA: Fotos do local onde nasci !!

5 comentários:

Aran disse...

Mhmmm... e me pareces zangado... Quem disse que não és alguém!?!?
Quem mente assim tão descaradamente!?!?
Meu querido Pescador (N)... para mim sempre foste alguém... e se és sorriso e mar... mais lindo pessoa serás e ficas!!!! ;)
As fotos são lindas!!! :)
Um beijinho grande e um abraço desta tua sempre amiga...

Pescador disse...

" Acho que este poema termina
como aqui ele começou
sem sentido mas alguma rima"
...
não te esqueças um poema por vezes não tem sentido ( ou apenas um poucocinho)... é apenas rima, apenas palavras que rimam umas com as outras...
e não, não estou zangado...
apenas cansaço de um dia de trabalho longo, mas ...
feliz, pelos amigos de lá, pelos amigos daqui, pelo sentimento...
Bjs doces para ti minha linda e doce Mylady !!
Pescador

PS: Este poema foi escrito por causa de um desafio numa mesa de café, do género... consegues escrever um poema, agora, agora mesmo !?!? e saiu isto ;-) !!

Aran disse...

Mhmmm.... e mudaste de música...
Gostava e gostei da anterior e gosto tb desta...
Mas é estranho... e curioso... ;)
estas tuas escolhas músicais...
o que essa cabecinha anda magicando!?!? Mhmmm.... ;)
Beijoka e um bom feriado

Iruvienne disse...

"Mas repetes
prosas e poesias
alegrias e contradições
emoções delicadas
em páginas arrumadas
nos livros escondidos"

este teu poema lembra-me certas coisas, nao sei bem se coisas boas ou não... mas está único como tu. :)

nao te vejo como apenas pescador. ou pelo penos pescador de palavra e sim como pescador de sentimentos, pedaços de vida, pensamentos, pescador das coisas mais importantes que cada um pode ter.

lindo o local onde nasceste =)
da vontade de lá ir!!


bjnho e boa semana ( ou o que resta dela..)

**

CBugarim disse...

Um abraço desde a nossa terra