terça-feira, setembro 04, 2007

A Ilha do Arcanjo











"Onde o mar, com paredes de vidro, rodeia o centro inviolável: A Ilha"





















"Eu vos direi da ilha que na dornado








Arcanjo é eterna em chão escasso.








Fulva de gado ao dia. À noite, morna.








Embebida no verde. E o mar colaço.

















Ilhado alumbramento em templo torna








a unção de comtemplar. Um ténue traço








de garça entre água e céu. A paz encorna








em lagoa e lavoura o tempo e o espaço.










Tanto silêncio confiado à luz!








Trema um nenúfar se um trilo tremeluz.








Caiam o sol de azul os agapantos.























Na cevadeira a broa luminosa,








romeiros nos persignam com uma rosa.








Suas rezas joeiram pombos santos."



















Natália Correia

6 comentários:

Iruvienne disse...

parece-me que essa férias foram excelentes xD

no mínimo dos mínimos visitaste locais que mais parecem o paraíso! ah ah ainda bem que sim

bjnho *

=)

Cristina disse...

Belo em imagens e em palavras. Enriquecedor e tranquilizador...
Obrigada.

Aran disse...

Imagens fantásticas e palavras eloquentes... que em tudo indicam o quanto a ilha se tornou num lugar parasidiaco... ;)
Um belo alimento para a alma e para a mente...
Bem vindo... e obrigada! ;)
Um beijinho grande

Ni disse...

Sorri com o título do post!
...
BELO...
...

É um local especial...'Atlante'... mítico... onde a beleza natural não nega o solo sagrado... o 'passado'.

Gostei das fotos... foi bom recordar os caminhos que por lá fiz há... algum tempo.

...

Sorriso e abraço de vento.... com cores de azul e verde em sintonia.

Ni*

vozesdomar disse...

...Olá pescador! Vieste mesmo ao meu mar...não posso crer que estiveste na minha terra...neste paraíso mítico, onde o tempo pára e os habitantes permanecem estátuas a quererem perpetuar as suas vidas..sábia escolha do texto e das fotos.Espero que tenhas «amado» esta ilha dos amores.
Um beijinho de anfitriã...

Drops disse...

...

tenho ra�zes a� sabias Pescador?

Foi ali que nasci!

Talvez a carta em que te conto isso tudo, e tudo o resto, esteja para nascer... =)

Beijos doces
R