sábado, maio 21, 2005

O Espelho



http://www.library.com.br/pedrasverdade/ingles/beleza.htm

Se tu te podesses ver
Através dos olhos daquele que te vê
Seria teu desejo poder ser
Tão bela como aquela que ficas a ver
Nos olhos…, daquele que te vê.


Se tu te podesses ver
Presa por um pintor a uma tela
Só então meu anjo poderias ver
Que entre elas, tu és a mais bela.


Se tu te podesses ver ao espelho
Como eu aqui te consigo ver
Irias ver que ninguém é mais belo
Que o espelho,
que tu ficas a ver.


Se tu te podesses ver
Despida de máscaras e desejos
Só então poderias perceber
A beleza que em ti,
vão buscar os meus olhos.


E se tu não te poderes ver
Com os teus olhos que não outros
Basta que a beleza tu queiras ver
Olhando para ela, com os meus olhos

5 comentários:

Lana disse...

...lindo.. **

Aran disse...

Está magnifico este teu poema... adorei mesmo! um beijo

Charlotte disse...

Gostaria de saber ver como tu vês...talvez por dentro veja... mas à a falta de ver o mundo lá fora, com o mesmo ver e sentir...
Beijinhos***

miuda disse...

hoje ao ler este teu poema tirei a "capa"...... bjs

miuda disse...

sem me referir ao poema em si, mas somente à fotografia, tenho um AMIGO, daqueles bem GRANDES, que me diz exacramente o contrário daquilo que a fotografia mostra.... eu uma "miúda" de 27 anos que olho ao espelho e vejo uma "velha míuda" talvez de 50 anos (se calhar tou a exagerar)..... esta fotografia está o máximo!!!!! muitos bjs