segunda-feira, maio 16, 2005

O Pescador e o Mar [ Parte II ]


O mar... Posted by Hello

Escravo eu sou da lagrima que chora
Na razão que se perde aonde ela fica
Sou o orvalho que faz nascer na rosa
O sabor doce por quem a abelha pica

Sou o cheiro do couro nas tuas luvas
No motivo da seda que aqui não está
Sou a história da aldeia e das chuvas
Na água que passa e que me diz olá

E fujo deste teu ali estar que ali fica
Preso a margem vazia que me estranha
Junto à água que escondida me grita
As lágrimas do ódio com que me banha

Descrevo-te no doce bailar das vidas
Pelas águas feito sal a chorar no mar
Sou água benta que te mata e sacia
E na cruz a lágrima que te faz chorar

E eu fico aqui e a água vai mal amar
O absurdo que se esconde atrás do pano
Quando em teus olhos vejo os olhos do mar
E te digo baixinho ... agua que te amo

5 comentários:

Aran disse...

Gostei...e bonita imagem tb... beijinhos

miuda disse...

já conhecia..... ADOREI.....

miuda disse...

se por acaso fosse gaivota permitirias que voasse sob o teu mar?

sussurros da lua disse...

Visito o teu blog hoje pela primeira vez e confesso que gostei do que encontrei! Voltarei!! Mil beijinhos!

Pescador disse...

Sussurros da Lua: Obrigada pela visita, pela promessa e pelos mil beijinhos :-) , ... já visitei o tua "lua" ..., adorei um post teu chamado "Murmúrio"..., mas não consigo comentar :-(, com pena minha !! Bjs Pescador